PUBLICIDADE
Topo

Com esperança em alta, Danilo Fernandes relembra momento único na carreira

O goleiro Danilo Fernandes, do Internacional - Ricardo Duarte/Inter
O goleiro Danilo Fernandes, do Internacional Imagem: Ricardo Duarte/Inter

19/01/2020 14h16

O goleiro Danilo Fernandes inicia a temporada 2020 longe de lesões e 100% pronto para ajudar o Internacional durante o ano. No clube desde 2016, chegou para substituir Alisson, da seleção brasileira, que havia sido transferido para a Roma, da Itália. Danilo vinha de uma ótima temporada no Sport em 2015, e assinou por quatro anos com o Colorado. O protagonismo veio de imediato, sendo eleito um dos melhores goleiros do Campeonato Brasileiro de 2016, e o principal jogador do Inter na temporada.

As boas atuações pelo Inter lhe renderam a convocação para seleção brasileira pela primeira vez, quando foi chamado pelo técnico Tite — com quem havia trabalhado no Corinthians —, para o amistoso contra a Colômbia. Para Danilo, a primeira convocação, em 2017, nunca será esquecida, ainda mais por ser o reconhecimento de uma de suas melhores fases no futebol, vestindo a camisa do Inter.

"Lembro como se fosse hoje, fiquei muito feliz, com certeza um grande reconhecimento do meu trabalho, e isso também me deu ainda mais força para me recuperar quando tive uma lesão em seguida. Venho trabalhando de maneira árdua, e com paciência para esperar minha oportunidade. Fui e sou muito feliz vestindo a camisa do Inter, mas quero fazer muito mais, estou preparado para seguir representando o clube e lutar ao lado dos meus companheiros para colocar o Inter sempre nas brigas por títulos", disse Danilo.

Ainda no primeiro semestre da temporada passada, o atleta se recuperava da fratura do ombro direito, quando teve de passar por cirurgia no local. O goleiro voltou a treinar, ainda com restrições, apenas em dezembro. E só foi liberado para trabalhar durante a pré-temporada de 2019.

O jogador acabou perdendo a titularidade devido a lesão, e passou o ano se preparando à espera de uma oportunidade; ele realizou apenas cinco partidas, mas já estava 100% recuperado. A experiência e todo retrospecto pelo clube são pontos importantes ajudar o time na atual temporada.

Ouça o podcast Posse de Bola, a mesa redonda do UOL sobre futebol, com Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira.

Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Internacional