PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Marcelinho Carioca exalta Luan após dois gols: "O Rei da América voltou"

Luan comemora gol do Corinthians contra o New York City - Igor Castro/Divulgação
Luan comemora gol do Corinthians contra o New York City Imagem: Igor Castro/Divulgação

16/01/2020 09h00

O meia-atacante Luan teve uma estreia de gala com a camisa do Corinthians. Nos Estados Unidos, marcou dois gols e garantiu a vitória do Corinthians contra o New York City FC, por 2 a 1, no primeiro amistoso da temporada. Mais do que isso, o camisa 7 fez um gol de falta, algo que não acontecia no clube do Parque São Jorge desde o segundo semestre de 2018.

Até Luan estufar a redes dos norte-americanos no Exploria Stadium, na Florida Cup, a Fiel ficou 518 dias sem ver um gol de falta A última vez que um corintiano marcou na bola parada foi no dia 15 de agosto de 2018, quando Jadson fez o gol solitário da vitória do Timão, por 1 a 0, diante da Chapecoense, na Arena Condá. De lá para cá, ninguém havia conseguido marcar.

Herdeiro da camisa 7 do Corinthians, que pertenceu a Marcelinho Carioca nas décadas de 1990 e 2000, Luan foi eleito o melhor jogador em campo e recebeu elogios do próprio Pé de Anjo - que estava no estádio a convite dos organizadores da Flórida Cup.

"Chegar desse jeito, metendo a curva e o gol de falta. O Rei da América voltou e já recebeu o prêmio de melhor em campo. Tem talento, inteligência e, acima de tudo, corintiano. O primeiro gol do Pé de Anjo foi de falta. O primeiro gol do Rei da América também", festejou o ídolo da Fiel.

O fato é com a chegada de Luan, o Corinthians passa a ter um especialista nas batidas de falta. Logo em sua estreia, o meia-atacante deu seu cartão de visitas e deu a entender que a temporada 2020 pode render bons frutos ao Timão.

Corinthians