PUBLICIDADE
Topo

Na Flórida, Tiago Nunes começa a escrever sua história no Corinthians

15/01/2020 09h00Atualizada em 13/02/2020 23h01

Contratado no segundo semestre do ano passado para assumir o Corinthians, Tiago Nunes, enfim, deixará sua primeira impressão no comando técnico do Alvinegro. Na noite desta quarta, às 20h (de Brasília), o Timão estreia na temporada 2020 contra o New York City FC, na Flórida, nos EUA. Como ainda está em pré-temporada, o clube paulista atuará com uma formação diferente em cada tempo para dar ritmo de jogo a todos os atletas do elenco.

Campeão da Copa Sul-Americana em 2018 e da Copa do Brasil no ano passado, Tiago Nunes optou por deixar o Athletico-PR para assumir o maior desafio de sua carreira: dirigir o Corinthians. O treinador trabalhou com a diretoria nos últimos dois meses e meio para formar o elenco do Timão e agora poderá demonstrar suas ideias de jogo para a Fiel na Florida Cup.

É bem verdade que Nunes está apenas em seu 10° dia de trabalho em campo com os jogadores. Mesmo assim, há uma expectativa alta de que o Corinthians consiga desempenhar um futebol mais ofensivo com o novo treinador ao longo dessa temporada em relação aos últimos anos. A primeira demonstração será nesta quarta no Exploria Stadium, a casa do Orlando City.

No dia de sua apresentação como treinador do Corinthians, Tiago Nunes deixou claro que não abrirá mão de um estilo de jogo equilibrado, mas sem esquecer da posse e do domínio da partida.

- Durante minha trajetória, experimentei diversos modelos de jogo. Eu me formei como treinador tendo a oportunidade de vivenciar quase todas as ideias. Mas o que mais me agrada é ter mais a bola, ser propositivo, que privilegia a condição técnica, até mais vistoso de ver - disse o treinador no dia 6 de janeiro, seu primeiro no Corinthians.

Por isso, a expectativa é de que o Timão seja agressivo diante dos norte-americanos. Uma provável escalação do Alvinegro para o primeiro tempo, com os titulares em campo, tem Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Sidcley; Camacho e Victor Cantillo; Ramiro, Luan e Janderson; Vagner Love.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que informou o segundo parágrafo da matéria, em 2019, Tiago Nunes foi campeão da Copa do Brasil, e não da Sul-Americana. A informação foi corrigida.

Futebol