PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nos pênaltis, Monterrey vence Al-Hilal e fica com o 3º lugar no Mundial

Monterrey venceu o Al-Hilal nos pênaltis e garantiu o terceiro lugar do Mundial de Clubes de 2019 - Ibraheem Al Omari/Reuters
Monterrey venceu o Al-Hilal nos pênaltis e garantiu o terceiro lugar do Mundial de Clubes de 2019 Imagem: Ibraheem Al Omari/Reuters

21/12/2019 13h40

No confronto pelo terceiro lugar do Mundial de Clubes deu Monterrey. Após empatar com o Al-Hilal por 2 a 2, o Rayados venceu na disputa de pênaltis por 4 a 3.

O jogo

A etapa inicial foi do Al-Hilal. Assim como no duelo contra o Flamengo, o time árabe dominava as ações e jogava no campo do Monterrey e não dava chances ao adversário.

Na casa dos 35 minutos o primeiro gol. Em jogada iniciada por Cuellar, a bola veio levantada da esquerda e brasileiro Carlos Eduardo cabeceou para dentro da rede, 1 a 0.

No segundo tempo tudo mudou. O cansaço bateu para o Al-Hilal e o Rayados resolveu sair para o ataque. Melhor postado dentro de campo, aos 10 minutos, em lance confuso, o goleiro se enrolou com o atacante e Uerreta tocou e Alfonso González empatou.

goleiro - Mustafa Abumunes/AFP - Mustafa Abumunes/AFP
Goleiro do Monterrey, Luis Cardenas defendeu duas cobranças na decisão pelo 3º lugar do Mundial
Imagem: Mustafa Abumunes/AFP

O gol deu ânimo ao Monterrey que chegou a virada em rápido contra-ataque. Zaldívar tocou e Maxi Meza, com calma, tocou para dentro da rede, 2 a 1.

Após virar o placar, o time mexicano diminuiu o ritmo e deu campo ao Al-Hilal, que não desperdiçou. Bem colocado, Gomis aproveitou o cruzamento e cabeceou para dentro da rede, 2 a 2.

Nos acréscimos, o Al-Hilal apertou o ritmo e Gomis teve duas ótimas chances em sequência. Na primeira, o centroavante carimbou o poste. Na segunda, ele desviou o cruzamento de Giovinco e tirou tinta da trave.

Pênaltis

Na marca da cal o grande nome foi o goleiro Cardenas, do Monterrey. Ele pegou duas cobranças e ainda marcou o gol que decretou o triunfo por 4 a 3.

Esporte