PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Vanderlei Luxemburgo ganha força e deve ter reunião com Palmeiras

15/12/2019 15h31

Os mais recentes passos do Palmeiras indicam que Vanderlei Luxemburgo deve ser o técnico do clube em 2020. O treinador ganhou força na disputa com o espanhol Miguel Ángel Ramírez, campeão da Copa Sul-Americana deste ano com o Independiente Del Valle, do Equador. Uma reunião deve acontecer para acelerar as negociações, possivelmente com a presença de Luxemburgo.

Dirigentes do Verdão entraram em contato com os representantes do técnico assim que encerraram as negociações com Jorge Sampaoli. Os principais aliados do presidente Mauricio Galiotte entendem que o treinador, que se desligou definitivamente do Vasco na sexta-feira, é o nome ideal no mercado para comandar a reformulação do elenco, visando um estilo ofensivo.

Membros da alta cúpula do clube veem em Luxemburgo a capacidade de fazer o time jogar para frente e com coragem, independentemente de seus últimos trabalhos. Diante da qualidade do elenco, o técnico, que já foi bicampeão brasileiro (1993 e 1994) e tetracampeão estadual (1993, 1994, 1996 e 2008) em três passagens pelo clube, é apontado como alguém em condição de colocar dentro de campo todo o seu potencial que se enxerga no plantel.

Miguel Ángel Ramírez agrada, mas tem contrato com o Independiente Del Valle e o clube equatoriano já avisou publicamente que só o libera sob pagamento de multa rescisória. Essa postura complica a pressa do Palmeiras para definir um técnico - o cargo está vago desde a demissão de Mano Menezes, há duas semanas, e falta pouco mais de um mês para a primeira partida oficial do Verdão em 2020. Além disso, Luxemburgo conhece o futebol brasileiro e o clube, sem necessitar de qualquer adaptação, diferentemente do europeu.

Futebol