PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Entenda como a vontade de Luan em jogar no Timão pesou na negociação

14/12/2019 09h00

Desejo antigo do Corinthians, o meia-atacante Luan será anunciado como reforço do Timão nas próximas horas. A diretoria do Grêmio não estava entusiasmada com as investidas do Alvinegro e chegou a recusar algumas ofertas, mas a vontade do atleta em jogar no clube do Parque São Jorge pesou na negociação.

Corintiano na infância, Luan se animou ao saber que poderia jogar no time do coração e, principalmente, respirar novos ares em sua carreira. Melhor jogador das Américas em 2017, o meia-atacante não conseguiu repetir as boas atuações nos dois anos seguintes e, por isso, a possibilidade de jogar no Corinthians e começar uma nova história o seduziu.

Outro fator determinante para que a negociação fosse concretizada foi a insistência do técnico Tiago Nunes em contratá-lo. O novo comandante do Timão apresentou uma lista com 17 nomes para a diretoria, com Luan sendo tratado como prioridade. O engajamento do Alvinegro em contratá-lo também agradou muito ao meia-atacante.

O Grêmio até que tentou dificultar o negócio, recusando as propostas financeiras feitas pelo Corinthians e também a cessão dos direitos de alguns atletas. Apesar do empenho dos cartolas do Imortal em segurar o jogador, a ida de Luan ao clube do Parque São Jorge se tornou inevitável.

Na última sexta, as diretorias dos dois clubes e o empresário Paulo Pitombeira, responsável pelo agenciamento da carreira de Luan, acertaram os termos do negócio. O Timão pagará pouco mais de R$ 20 milhões aos gaúchos por 50% dos direitos do atleta, que assinará com o Alvinegro por cinco temporadas.

Protagonista na conquista da medalha de ouro da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, Luan se apresenta no CT Joaquim Grava no dia 6 de janeiro para fazer os exames médicos e iniciar a pré-temporada com seus novos companheiros de time.

Futebol