PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Caetano fica no Inter, e Palmeiras avança para anunciar Diego Cerri

07/12/2019 15h04

Dos dois "finalistas" ao cargo de diretor de futebol de Palmeiras, apenas Diego Cerri segue na disputa. Rodrigo Caetano se reuniu com a diretoria do Internacional e decidiu cumprir seu contrato até o fim de 2020. É mais um indício de que o Verdão terá no ano que vem o atual diretor do Bahia, já tratado como favorito há alguns dias.

Cerri, inclusive, teve uma reunião presencial com a cúpula palmeirense, em São Paulo - os primeiros contatos tinham ocorrido por telefone. A decisão, contudo, só deve ser anunciada após a rodada final do Campeonato Brasileiro. O Bahia, procurado, disse que não comenta "possíveis negociações".

Rodrigo Caetano também se encontrou com o Palmeiras, mas preferiu continuar no Inter. Ele foi parte importante da negociação com o técnico argentino Eduardo Coudet, que assume após o Brasileiro, e terá autonomia para gerir o futebol colorado em 2020.

- Tenho por princípio cumprir os contratos por onde passei. Entendo que ainda temos muito a fazer pelo Inter e seguirei o trabalho pelo clube em 2020. Comuniquei a diretoria da minha decisão e entrei em contato com os clubes que me procuraram para agradecer aos convites. Já temos o nosso planejamento em andamento para 2020 e a confiança em fazer um trabalho para que o Inter siga evoluindo na próxima temporada - disse Caetano, ao site oficial do Internacional.

Aos 44 anos de idade, Cerri está no Bahia desde 2016, quando chegou como gerente de futebol. No início de 2017, tornou-se diretor do Tricolor de Aço, sendo que antes teve passagens como dirigente por Ceará, Red Bull, Grêmio Prudente e Grêmio Barueri. O início de sua carreira foi como auxilar e depois técnico, mas já são 12 anos trabalhando como executivo.

Diferentemente do que acontecia sob a gestão de Alexandre Mattos, demitido no domingo, a ideia é de que o comando do futebol seja descentralizado, inclusive com a criação de um comitê gestor, que trabalhará acompanhado de perto os passos dados na Academia de Futebol.

Devem fazer parte deste comitê os vice-presidentes Paulo Roberto Buosi, Alexandre Zanotta e José Eduardo Caliari, além do diretor financeiro Davi Gueldini. Cícero Souza, gerente contratado em 2014 em vaga que Cerri chegou a disputar, permanece no clube.

Futebol