Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Entregar o jogo? Atletas do Corinthians rejeitam pedido de parte da torcida

"Entregar o jogo é uma coisa que não vamos fazer", diz Janderson, atacante do Corinthians - Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
"Entregar o jogo é uma coisa que não vamos fazer", diz Janderson, atacante do Corinthians Imagem: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

03/12/2019 16h58

Resumo da notícia

  • Torcedores abriram campanha online #EntregaCorinthians por derrota contra o Ceará
  • Time cearense tenta se livrar do rebaixamento no Brasileirão em disputa com Cruzeiro
  • Volante Gabriel refuta ideia: "Somos de caráter". Corinthians também quer Libertadores

O Corinthians enfrenta amanhã (04) o Ceará, no Castelão, e não é garantia que todos os corintianos assistindo à partida pela 37ª rodada do Brasileirão estejam na torcida por sua equipe. Pelo menos não se formos levar a sério uma campanha em redes sociais promovidas hoje pedindo que o Timão entre em campo para perder. Tudo para dificultar a vida do Cruzeiro, que concorre desesperadamente com o time cearense pela permanência na Série A.

Vale lembrar que a partida apode assegurar ao Corinthians uma vaga na Copa Libertadores de 2020. Mesmo se uma meta tão importante não estivesse em jogo, os jogadores do time, já em Fortaleza, trataram de bater o pé para dizer que uma "entrega" ao Ceará não pode ser cogitada.

A ideia, apesar de encampada com uma hashtag (#entregaCorinthians) que virou um dos assuntos mais comentados do Twitter, não foi bem recebida pelos jogadores.

"Desde quando eu comecei a jogar futebol, nunca entrei em campo para entregar partida. Somos homens de caráter. E não vamos, nem podemos fazer isso por respeito com a nossa camisa. Temos um objetivo ainda muito grande neste Brasileirão, que é a vaga na Libertadores. Grupo focado em jogar para vencer a todo momento", afirmou o volante Gabriel, no estádio do Pici, onde a equipe encerrou sua preparação para enfrentar o Vozão.

Revelação do Corinthians nesta temporada e principal personagem da derrota, por 2 a 1, para o Atlético-MG na última rodada, o ponta Janderson endossou o discurso de Gabriel e afirmou que a postura da equipe no Castelão, contra o Ceará, é algo inegociável. "Entregar o jogo é uma coisa que não vamos fazer. Precisamos da vaga na Libertadores, precisamos destes três pontos e jamais vamos entregar partidas. Vamos entrar para ganhar e voltar a São Paulo com os três pontos", afirmou.

Ocupando a oitava colocação do Campeonato Brasileiro, com 53 pontos ganhos, o Corinthians depende apenas de si para se garantir na Copa Libertadores 2020. Para isso, basta uma vitória na noite da próxima quarta. O duelo deve ter o Castelão lotado, visto que o clube cearense decide seu futuro na próxima temporada nesta partida. O Ceará tem hoje dois pontos a mais que o Cruzeiro, sendo o primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

Corinthians