Topo

Futebol


Lateral do Macaé visa o futuro e crê em equilíbrio também fora de campo

22/11/2019 16h09

Não é novidade para ninguém que o mercado do futebol envolve cifras astronômicas, com jovens atletas ganhando mega salários e chamando a atenção dos grandes clubes do mundo cada vez mais cedo. A todo instante uma nova promessa do futebol surge nos centros de treinamento espalhados pelo mundo. No Brasil a última grande negociação envolveu o atacante Rodrygo de apenas 18 anos, que trocou o Santos pelo Real Madrid. A operação girou em torno de 50 milhões de euros.

Esses jovens jogadores vem se destacando dentro de campo com a qualidade do futebol apresentado, mas fora dos gramados, poucos pensam em gestão de carreira, ou seja, muito se ganha, mas gasta-se na mesma proporção. Não é raro ver jogadores de um passado recente que sempre movimentaram muito dinheiro, seja com altos salários ou patrocino, que hoje estão totalmente quebrados.

O lateral direito Luiz Eduardo, de 25 anos, que defende o Macaé Esporte, time da primeira divisão do futebol do Rio de Janeiro, parece ser um ponto fora da curva. O jogador que é cria das divisões de base do Fluminense e acumula passagem pelo futebol da Áustria, tem se preocupado com os resultados fora do campo. No auge da forma física e pronto para se destacar no cenário nacional, o jogador buscou um agente que possa cuidar não apenas dos seu interesses dentro de campo, mas também da vida financeira e patrimonial.

- Sempre me preocupei com a minha vida fora de campo, mas até então, não tinha encontrado um profissional capacitado para me orientar e gerenciar a minha carreira. Pesquisei bastante até encontrar o Carlos Cova, vi o currículo a experiência e o identifiquei como a pessoa certa. Acredito que com esse trabalho em equipe eu tenho tudo para evoluir profissionalmente dentro e fora dos gramados. Estou me preparando bem no Macaé Esporte e tenho certeza que vamos fazer um ótimo Campeonato Carioca. Sempre busco crescer profissionalmente e tenho certeza que chegou a hora de evoluir.

TABELA

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Carlos Cova é CEO da Aleph Educacional e da Agir Consultoria. Dentre as muitas formações, o profissional é graduado em Ciências Econômicas, Direito, Ciências Contábeis e Administração pela Universidade Federal Fluminense. O agente está dando os primeiros passos no mundo do futebol e promete chegar para apresentar algo diferente aos jogadores. Escritor de grandes sucessos como Finanças e Mercados de Capitais, Cova vê Luiz Eduardo como um atleta diferenciado, tanto pela qualidade no futebol quanto pelo modo de pensar o futuro.

- Considerando a pouca idade do atleta e seu amadurecimento precoce, em termos de visão de carreira e vontade de auto-aprimoramento, trata-se de um ponto fora da curva, pois as pessoas em geral se dão conta da necessidade deste tipo de desenvolvimento pessoal quando a carreira já está em fase de declínio. O Luiz Eduardo está se antecipando aos fatos e gerenciando o seu próprio futuro com sabedoria e discernimento que não são comuns na média dos jogadores de futebol.

Ronaldo Nazário, Deco, Kaká são jogadores que foram diferenciados dentro de campo e seguem fazendo sucesso após a aposentadoria. Ronaldo e Deco são empresários, Kaká está sempre envolvido em grandes campanhas publicitárias. Carlos Cova acredita que Luiz Eduardo também possa fazer sucesso fora de campo, apostando no equilíbrio financeiro e na gestão de novos negócios.

- Vamos desenvolver vários aspectos na carreira do atleta. Faremos um desenvolvimento motivacional visando a atividade profissional. Além disso ele receberá apoio no seu desenvolvimento intelectual e cognitivo, para a ampliação das suas possibilidades fora do âmbito da carreira de jogador profissional, de tal forma que ele seja capaz de trabalhar novos desafios e possibilidades, com ênfase na gestão patrimonial e na educação financeira, visando também a utilização de sua imagem na promoção de produtos e serviços.

O Macaé Esporte do lateral Luiz Eduardo estreia na primeira fase do Campeonato Carioca no dia 21 de dezembro, diante do América.

Futebol