Topo

Futebol


Palmeiras leva 2 a 0 do Red Bull no jogo de ida da final do Paulista sub-20

20/11/2019 18h16

A terceira partida consecutiva de times das categorias de base do Palmeiras no Pacaembu, nesta quarta-feira, feriado da Consciência Negra em São Paulo, não foi positivo para a torcida presente no estádio. O clube perdeu por 2 a 0 para o Red Bull, no confronto de ida da final do Campeonato Paulista sub-20.

O resultado foi construído com gols de Cristiano e Iago Teles, um em cada tempo. Com isso, no jogo de volta, marcado para 10h de domingo, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, o Verdão precisará vencer por dois gols de diferença para levar a definição para os pênaltis ou de vitória superior para ser campeão no tempo normal. O Red Bull pode até perder por um gol.

TABELA

> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

O Palmeiras ficou com a bola a maior parte do tempo, mas não conseguia finalizar com perigo, chutando diversas oportunidades claras para fora. O Red Bull, por sua vez, quando tinha a bola, a tocava rapidamente, no chão, levando perigo e envolvendo a defesa dos anfitriões com frequência.

Foi assim que, aos 44 minutos, uma troca de passes que teve até toque de letra terminou com Chrigor lançando para Cristiano ter frieza na frente do goleiro Magrão, abrindo o placar. No segundo tempo, Chrigor ainda desperdiçou boas oportunidades de ampliar.

Enquanto o Verdão pressionava, mas pecando nas conclusão das jogadas, alterações dos dois lados definiram o marcador. O zagueiro Diguinho, que saiu do banco, foi desarmado por Iago Teles, que tinha entrado segundos antes, e viu o atacante do Red Bull fazer 2 a 0 no time que é o atual campeão estadual e brasileiro da categoria, além da Copa do Brasil - e o Palmeiras está classificado para a final do Brasileiro sub-20, contra o Flamengo.

Apesar da derrota no último compromisso, o feriado começou com festa alviverde: 5 a 0 sobre o Santos, garantindo o título paulista sub-15. Depois, no Estadual sub-17, vitória por 4 a 2 diante do São Paulo, que tinha vencido a ida por 2 a 0. Nos pênaltis, o arquirrival fez 7 a 6 e ficou com a taça, em clássico marcado por pancadaria em campo após o apito final.

Futebol