Topo

Futebol


Botafogo peca na criatividade, perde e segue com jejum fora de casa

17/11/2019 20h04

Sem criatividade e poderio ofensivo, o Botafogo segue com jejum fora de casa pelo Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Alvinegro perdeu para o Athletico-PR por 1 a 0, na Arena da Baixada. Thonny Anderson marcou o único gol da partida. O placar ainda ficou barato para os cariocas. O Furacão perdeu um pênalti com Marcelo Cirino e Thiago Heleno ainda teve um gol anulado.

Com o resultado, o Botafogo fica com 36 pontos e segue na 14ª posição. Além disso, amarga a sétima derrota consecutiva fora de casa. O Athletico-PR vai à quinta colocação, com 53 somados. Na próxima rodada, os times voltam a campo no domingo, às 16h. Os alvinegros encaram o Corinthians, no Engenhão, enquanto o rubro-negro visita o Atlético-MG, no Mineirão.

TABELA

> Veja e simule a classificação do Campeonato Brasileiro

POUCA INSPIRAÇÃO

Tanto pelo lado do Botafogo, como do Athletico-PR, a criatividade ficou aquém do esperado e a partida ficou sonolenta. Os cariocas tocaram muito a bola no campo defensivo e não conseguiram ter uma transição rápida para o ataque. Por sua vez, os paranaenses optaram por uma "marcação-pressão", empurrando os alvinegros para a defesa e próximo à área adversária, porém também encontraram dificuldades nas infiltrações.

SORTE AO LADO

O VAR teve que ser chamado para colocar emoção na competição. A arbitragem marcou pênalti de Igor Cássio, que tocou com a mão na bola. Na cobrança, Marcelo Cirino ficou de frente para Cavalieri, mas o atacante desperdiçou ao jogar a bola para fora. Na sequência, o jogo permaneceu no mesmo panorama. Para não falar que não aconteceu nada, Cícero deu uma cabeçada rente à trave, mas foi só.

ATÉ QUE DEMOROU...

O panorama da segunda etapa não se alterou: alvinegros apáticos e rubro-negros mais perto do gol. O castigo da baixa criação dos cariocas acabou que chegou. Em contra-ataque rápido, Rony invadiu a área e toca na boa para Thonny Anderson, que tocou sutilmente no canto de Cavalieri. O segundo aconteceu logo depois, com Thiago Heleno, porém o VAR marcou impedimento de Marcelo Cirino, que atrapalhou a visão do goleiro do Botafogo.

SEM REAÇÃO

Com o resultado adverso, o que foi esperado foi um Botafogo mais agressivo. A entrada de Diego Souza e Rhuan deram um pouco de ânimo no ataque, mas nada de grande diferencial. A falta de criatividade permaneceu. Com isso, o Athletico-PR controlou as investidas dos cariocas e mantiveram a posse de bola para sacramentar o triunfo pelo placar mínimo.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 1x0 BOTAFOGO

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR)

Data-Hora: 17/11/2019, às 18h

Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC) - Nota LANCE!: 7,0 (Seguro na partida e acertou ao marcar penalidade).

Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

Assistentes do VAR: William Machado Steffen (SC) e Kleber Lucio Gil (Fifa/SC)

Gramado: Muito bom

Público/Renda: N/D

Cartão Amarelo: Joel Carli (BOT); Thonny Anderson, Thiago Heleno, Bambu, Márcio Azevedo (CAP)

Cartão Vermelho: -

GOLS: Thonny Anderson, 13'/2ºT (1-0)

ATHLETICO-PR

Léo; Khellven, Bambu (Léo Pereira), Thiago Heleno, Márcio Azevedo; Wellington e Camacho; Nikão; Thonny Anderson (Erick; 44'/2ºT), Rony (Marco Ruben; 29'/2ºt) e Marcelo Cirino (Vitinho; 40'/2ºT). Técnico: Eduardo Barros

BOTAFOGO

Diego Cavalieri; Fernando, Carli, Gabriel e Lucas Barros; João Paulo, Cícero; Alex Santana (Rhuan; 16'/2ºT); Luiz Fernando (Marcos Vinícius; 29'/2ºT), Leo Valencia e Igor Cássio (Diego Souza; 12'/2ºT). Técnico: Alberto Valentim.

Futebol