Topo

Futebol


Atacante Willian dá palestra para times sub-16 e sub-17 do Palmeiras

14/11/2019 18h09

Nesta quinta-feira, Willian deu palestra para jogadores dos times sub-16 e sub-17 do Palmeiras que estiveram na Academia de Futebol. Na conversa, o atacante destacou a importância que os garotos devem dar aos estudos enquanto lutam para vingar na carreira.

- Nessa idade, a gente só quer jogar bola, mas esquecemos do mais importante que é estudar. Sabemos da dificuldade que é para se tornar jogador. Sempre valorizem o estudo em paralelo, porque a carreira vai passar e a vida vai seguir - indicou o jogador de 32 anos.

TABELA

> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

- Um dia eu estive nesse mesmo momento que vocês estão. Posso transmitir algumas coisas que vocês podem levar para a caminhada de vocês. Vivi as mesmas dificuldades. Hoje estou aqui muito feliz, desfrutando de tudo. O futebol passa muito rápido. Aproveitem tudo o que um clube como o Palmeiras oferece. Vocês estão em fase de transição para o sub-20, cria um medo, uma dúvida. Tente deixar isso de lado e acreditar que são capazes - completou.

O camisa 29 ainda destacou a importância de ter mentalidade ao longo de sua trajetória. Willian comentou especificamente do momento em que precisou se superar depois de saber da necessidade de operar o joelho direito, em dezembro, e ficar sem jogar no primeiro semestre desta temporada.

- A mentalidade hoje equivale à parte física. Tenho um mentor que me ajuda. Com 32 anos, receber uma notícia de que você precisa passar por uma cirurgia te traz medo. Daí a importância da mentalidade, da minha fé, saber que era um processo que faz parte da carreira. Absorvi tudo muito rápido, com ajuda da minha família - comentou, lembrando seu início no futebol.

- Sou do interior de São Paulo, comecei minha caminhada com meu pai na minha cidade. Com cinco anos comecei na escolinha onde ele era professor. O sonho dele de se tornar jogador, que ele não conseguiu realizar, ele transmitiu para mim. Isso sem gerar um peso, sempre exigindo respeito, educação. Meu pai me disse: 'nunca perca a humildade, sempre respeite seus treinadores, seus companheiros'. Levo isso para a minha vida.

A conversa faz parte do projeto "Resenha da Academia". Desde 2015, jogadores como Zé Roberto, Gabriel Jesus e Fernando Prass já deram palestras aos jovens da base. Neste ano, participaram os volantes Felipe Melo e Bruno Henrique, os zagueiros Gustavo Gómez e Luan e o meia Gustavo Scarpa.

Futebol