PUBLICIDADE
Topo

Por força contratual, Juninho e Guerra não jogam contra o Palmeiras

12/11/2019 09h10

Pela segunda rodada consecutiva no Brasileirão, o time do Bahia terá de lidar com questões contratuais para formatar a sua escalação em uma complicada missão.

Ainda tendo relação de direitos econômicos com a equipe do Palmeiras, adversário do próximo domingo (16) às 16h (horário de Brasília), o zagueiro Juninho e o meio-campista venezuelano Guerra estão fora de combate.

O jovem atacante Artur também tem a mesma situação, mas não está a disposição de Roger Machado pela convocação a Seleção Brasileira Sub-23 em preparação ao Pré-Olímpico do início de 2020 que será disputado entre janeiro e fevereiro na Colômbia.

Porém, nem todas as informações se tratam de problemas já que, tendo sido baixa forçada pela questão contratual contra o Flamengo, o meio-campista Ronaldo pode ser usado diante do time paulista.

A partida pode, inclusive, ajudar a definir o futuro da briga pelo título da competição. Se o Flamengo vencer o clássico da próxima quarta-feira (13) contra o Vasco em jogo antecipado e também o Grêmio no domingo em Porto Alegre, basta uma derrota palmeirense diante do Esquadrão para o título dos cariocas ser confirmado pelo número de vitórias se tornar inalcançável.

Futebol