Topo

Futebol


Com Coelho, Corinthians quase dobra eficiência nas finalizações no BR-19

11/11/2019 13h12

Ainda é cedo para fazer qualquer análise profunda sobre as mudanças do Corinthians a partir da saída de Fábio Carille, mas alguns elementos já chamam a atenção nesses dois jogos sob o comando de Dyego Coelho, principalmente no setor ofensivo, que tem se mostrado mais eficiente em comparação com outros momentos deste Brasileirão. Para mostrar um pouco dessas alterações, o LANCE! levantou estatísticas do Footstats relacionadas ao ataque.

TABELA

> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Com Carille, em 30 jogos do campeonato, o Timão finalizou 324 vezes, média de 10,8 por partida, o que coloca o time entre os piores da competição no quesito, à frente apenas de Botafogo e CSA. Já com Coelho, nos duelos com Fortaleza e Palmeiras, foram 21 chutes somados, média de 10,5 por confronto, índice bem parecido com o registrado pelo comandante anterior.

Apesar de o número ainda não ser algo relevante, a diferença está em como essas finalizações são aproveitadas. Com Carille, o Corinthians precisou de 324 chutes para poder marcar 32 gols, ou seja, um tento a cada 10,1 finalizações. Enquanto isso, com Dyego Coelho, a equipe precisou de 21 chutes para marcar quatro gols, em outras palavras, um tento a cada 5,25 finalizações.

A partir disso, podemos notar que a eficiência praticamente dobrou, o time foi mais preciso e aproveitou melhor as chances que teve para balançar a rede. Evidentemente que a amostra é muito pequena e provavelmente esses índices não vão se manter nas próximas rodadas, mas o impacto inicial já teve resultado positivo, principalmente no setor de ataque, tão cobrado neste ano.

De ânimo renovado e mostrado que tem potencial para crescer nesta reta final de campeonato, o Corinthians volta a campo no próximo domingo, às 16h, para enfrentar o Internacional, adversário direto pela Libertadores, na Arena. Atualmente os corintianos ocupam a oitava posição na tabela, com 49 pontos.

Confira os números citados acima:

Finalizações

Com Carille - 10,8 por jogo

Com Coelho - 10,5 por jogo

Eficiência

Com Carille - 1 gol a cada 10,1 finalizações

Com Coelho - 1 gol a cada 5,2 finalizações

Futebol