Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Após clássico, Corinthians brinca com qualidade de seus goleiros: "Walssio"

Corinthians simula "fusão" entre Cássio e Walter: "Walssio" - Reprodução/Twitter
Corinthians simula "fusão" entre Cássio e Walter: "Walssio" Imagem: Reprodução/Twitter

11/11/2019 11h37

Por muito pouco o Corinthians não venceu o clássico do último sábado, contra o Palmeiras, no Pacaembu. O empate por 1 a 1 não foi o resultado desejado, mas alguns acontecimentos ficaram gravados na memória do torcedor corintiano, como a defesa de Walter em pênalti cobrado por Gustavo Scarpa. Dessa forma, o clube aproveitou para brincar com a qualidade de seus goleiros.

Cássio, ídolo do Timão e conhecido por ser especialista em pegar pênaltis, foi desfalque para o técnico Dyego Coelho pelo segundo jogo consecutivo por conta de dores no quadril. Assim, Walter assumiu a meta e não fez feio, evitou um gol sofrido e foi elogiado pelos alvinegros. Aproveitando esse momento de euforia, o Corinthians produziu uma montagem com uma fusão de fotos da dupla de goleiros e sugeriu um nome para a figura: Walssio.

No Timão desde maio de 2013, Walter fez sete partidas como titular em 2019, em outras duas oportunidades ele entrou durante a partida para substituir Cássio, dono absoluto da meta do clube. Até aqui, o reserva sofreu nove gols, enquanto o camisa 12 sofreu 50 tentos em 61 jogos oficiais.

Após a defesa do pênalti, o Corinthians conseguiu abrir o placar contra o Palmeiras em um golaço de Michel Macedo, mas logo em seguida sofreu o gol de empate marcado por Bruno Henrique, já nos minutos finais do duelo. Segundo o Footstats, Walter fez três defesas difíceis, que ajudaram o time a sair de campo com pelo menos um ponto, jogando fora de casa.

À espera da volta de Cássio e com Walter em alta, o Corinthians volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), para enfrentar o Internacional, na Arena, pela 33ª rodada do Brasileirão-2019. Atualmente na oitava posição com 49 pontos, os corintianos brigam por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Corinthians