Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Boselli volta a marcar dois gols em uma partida após mais de um ano

Boselli, atacante do Corinthians - Marcello Zambrana/AGIF
Boselli, atacante do Corinthians Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

07/11/2019 07h00

Se antes o argentino Mauro Boselli amargava o banco de reservas no Corinthians, hoje o centroavante vive expectativa de dias mais produtivos com a camisa do Timão, sobretudo após a mudança de estilo de jogo proposta pelo técnico Dyego Coelho. Na noite de ontem, o hermano marcou dois gols na vitória por 3 a 2, diante do Fortaleza, algo que não acontecia desde agosto do ano passado, quando ainda atuava no México.

Pela primeira vez desde que chegou ao Corinthians, em janeiro desta temporada, Mauro Boselli balançou as redes adversárias em duas oportunidades no mesmo jogo. A atuação, aplaudida de pé pela Fiel em sua saída de campo, foi uma das melhores do argentino, que agora soma dez gols em 2019 no clube do Parque São Jorge.

A última vez que o centroavante havia marcado duas vezes em uma mesma partida aconteceu no dia 22 de agosto do ano passado, quando o León, seu ex-clube, bateu o América por 2 a 0, em partida do Campeonato Mexicano. De lá para cá, Boselli se transferiu para o Corinthians e vive uma temporada repleta de altos e baixos.

Ao fim da partida, o centroavante fez questão de exaltar o trabalho do interino Dyego Coelho, que conseguiu dar maior movimentação ao ataque do Corinthians com Janderson, Pedrinho e Mateus Vital livres para criarem as jogadas no meio de campo.

"Creio que a ideia de futebol que ele tem, como vive o futebol, e nos lembrar de onde estamos jogando, o Corinthians. O Corinthians tem que fazer o que fez hoje em campo. Pode perder, mas prefiro perder jogando desta maneira, e foi o que disse o Coelho. Jogador gosta de ouvir a verdade e hoje vimos essa atitude em campo", afirmou o argentino ao deixar o gramado.

No próximo sábado (09), às 19h (de Brasília), o Corinthians mede forças com o Palmeiras, no Pacaembu, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão entrará em campo de olho em uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem, enquanto o Verdão ainda mantém vivo o sonho do título.

Corinthians