Topo

Futebol


Palmeiras vende 20% ao Bahia e segue com 50% do zagueiro Juninho

Juninho, zagueiro do Bahia - Divulgação/Site oficial do Bahia
Juninho, zagueiro do Bahia Imagem: Divulgação/Site oficial do Bahia

30/10/2019 20h38

O Palmeiras vendeu 20% dos direitos econômicos de Juninho ao Bahia, clube atual do zagueiro. O Verdão recebeu cerca de 1 milhão de euros (quase R$ 4,5 milhões) para abrir mão de parte de sua fatia no jogador de 24 anos e ampliar seu empréstimo à equipe de Salvador até dezembro de 2022.

Com a transação, o Palmeiras continua com 50% dos direitos de Juninho, que veio do Coritiba, em maio de 2017, por 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 10 milhões na época). O Verdão mantém o poder de decisão caso apareça uma oferta, com o Bahia precisando cobrir a proposta se quiser recusar.

A manutenção de Juninho no clube nordestino, que briga por vaga na Libertadores do ano que vem, veio com mais ações além da compra de 20% do que pertencia ao Palmeiras. O Bahia adquiriu ainda 10% do Coritiba e 20% do Junior Team, que revelou o defensor.

Assim, o Bahia ficou com 50% dos direitos econômicos do zagueiro, mesma fatia do Palmeiras. O Verdão ainda o cedeu até o final de seu vínculo com o jogador, em dezembro de 2022. Uma solução para um atleta que perdeu espaço no Palmeiras, ainda em 2017, e não agradou no Atlético-MG, em 2018.

Futebol