Topo

Mancha rebate ação de Mattos e dá sua versão para chamá-lo de "ladrão"

Protesto da Mancha Alviverde na frente da casa de Alexandre Mattos - Reprodução
Protesto da Mancha Alviverde na frente da casa de Alexandre Mattos Imagem: Reprodução

16/10/2019 13h55

A Mancha Alviverde diz que o presidente André Guerra ainda não foi notificado na Justiça para responder a Alexandre Mattos, mas divulgou uma nota hoje com novas críticas ao diretor de futebol. O dirigente do Palmeiras cobra explicações após ser acusado de "ladrão", e a organizada deu sua versão.

"Segundo a imprensa, o empregado da S. E. Palmeiras foi à Justiça pedir explicações para a torcida Mancha Alvi Verde sobre o fato de o chamarmos de ladrão e sobre uma suposta ameaça com envio de flores para a sua residência. Ainda não recebemos a intimação e responderemos na Justiça, caso chegue para nós. Mas também responderemos por aqui", diz o texto.

"Vejamos o significado da palavra LADRÃO no dicionário: 1. que ou aquele que furta, rouba; 2. FIGURADO INFORMAL - que ou o que é muito esperto; maroto. Cada um pode interpretar da forma que quiser, afinal a língua portuguesa é complexa. Alguns são ladrões de sonhos, ladrões de esperança, ladrões de conquistas", acrescenta.

"A torcida do Palmeiras tem o direito de se sentir 'roubada' no sonho do título da Copa do Brasil, do Paulistinha, na esperança da Libertadores e, por fim, também das nossas conquistas. Existem outros significados para a palavra 'ladrão' e cada um escolhe a carapuça que lhe serve", completa o trecho do texto.

Mattos formalizou uma notificação para que André Guerra explique as seguidas ofensas feitas contra ele por parte da torcida organizada. A partir do momento que o presidente da torcida receber a ação, ele tem cinco dias para responder. Dependendo das respostas, o diretor do Palmeiras pode abrir uma ação penal.

Quanto ao envio de flores para a esposa de Alexandre Mattos com o bilhete "Minha Vida", a torcida também deu sua versão no comunicado.

"A verdade é que enviamos um arranjo de flores em nome da esposa dele. Essa foi a maneira encontrada para termos certeza do endereço da sua residência em um condomínio de alto padrão, situado em Alphaville, para fazermos o protesto no lugar correto. Inclusive, notificamos as autoridades sobre esse protesto e sobre o envio do arranjo de flores", acrescenta.

Assim como Mattos enviou perguntas para que André as respondesse, a Mancha Alviverde publicou questionamentos para o diretor (veja abaixo). O protesto pedindo sua demissão continuará por parte da uniformizada.

Veja o texto completo da Mancha:

"INTIMAÇÃO CONTRA A MANCHA ALVI VERDE

Segundo a imprensa, o empregado da S. E. Palmeiras foi à Justiça pedir explicações para a torcida Mancha Alvi Verde sobre o fato de o chamarmos de ladrão e sobre uma suposta ameaça com envio de flores para a sua residência. Ainda não recebemos a intimação e responderemos na Justiça, caso chegue para nós.

Mas também responderemos por aqui.

Vejamos o significado da palavra LADRÃO no dicionário:

1.

que ou aquele que furta, rouba.

2.

FIGURADO INFORMAL

que ou o que é muito esperto; maroto.

Cada um pode interpretar da forma que quiser, afinal a língua portuguesa é complexa. Alguns são ladrões de sonhos, ladrões de esperança, ladrões de conquistas. A torcida do Palmeiras tem o direito de se sentir "roubada" no sonho do título da Copa do Brasil, do Paulistinha, na esperança da Libertadores e, por fim, também das nossas conquistas.

Existem outros significados para a palavra "ladrão" e cada um escolhe a carapuça que lhe serve.

Referente ao envio de um buquê de flores para a residência do Mattos, é uma mentira. A verdade é que enviamos um arranjo de flores em nome da esposa dele.

Essa foi a maneira encontrada para termos certeza do endereço da sua residência em um condomínio de alto padrão, situado em Alphaville, para fazermos o protesto no lugar correto.

Inclusive, notificamos as autoridades sobre esse protesto e sobre o envio do arranjo de flores. Lembrando que não obstruímos nenhuma via de acesso que pudesse prejudicar aos moradores, não houve nenhuma agressão e, além disso, a emissora Fox Sport acompanhou o nosso protesto, desde a saída da quadra, e o transmitiu ao vivo. A Polícia Militar e a Guarda Municipal também acompanharam. Só exercemos o nosso direito constitucional, que é da livre manifestação.

INTIMAÇÃO CONTRA ALEXANDRE MATTOS

O pau que bate em Chico também bate em Francisco, já diria um velho ditado.

A torcida do Palmeiras está intimando o Mattos a responder e prestar esclarecimentos de alguns fatos que nitidamente prejudicaram o Palmeiras:

1 - É ético, moral ou legal alugar seus imóveis para seus subordinados que têm auxílio-moradia no Palmeiras? Inclusive, você, como diretor, que determina os subordinados que merecem ter esse auxílio? Você que determina o valor? Não seria um conflito de interesses?

2 - Carlos Eduardo - Pode explicar o motivo de um investimento alto em um jogador com qualidades técnicas duvidosas? Você ganha comissões nessas negociatas?

3 - Eduardo Uram - Qual o motivo que levou o Palmeiras a contratar tantos jogadores desse empresário nos últimos anos?

4 - Deyverson - O mesmo questionamento levantado com relação ao Carlos Eduardo. Também gostaríamos de saber se ganha ou não comissão nessas negociatas?

5 - Qual o motivo de tantas contratações de atletas que eram do Cruzeiro? Seria essa a tal Máfia do Pão de Queijo?

6 - A demissão do Felipão foi decisão sua? Mesmo após tê-lo garantido no cargo em entrevista coletiva 48 horas antes de mandá-lo embora?

7 - É verdade que você negociava com o Mano um mês antes de mandar o Felipão embora?

8 - O planejamento de contratações de 2019, a decisão e as escolhas foram suas?

9 - Você ganha comissão nas compras e vendas de atletas? Por que alguns empresários te apoiaram recentemente? Seria medo de perderem comissões e "boas" negociatas para eles?

10 - O investimento que a S. E. Palmeiras fez em 2019 você não acha que foi muita grana jogada fora em jogadores machucados que custaram caro? Em contratar atletas com nível técnico ruim e que custaram caro? Em não chegar na final do Paulista, ser eliminado precocemente da Copa do Brasil e Libertadores? Com a estrutura que temos, os salários altos que pagamos em dia, não é pouco disputar o Brasileirão pensando somente em Libertadores?

Esse é o ponto que o futebol moderno chegou. Hoje um funcionário do clube, que precisa entender que é apenas um empregado, tem a cara de pau de ir na justiça contra a torcida.

Os valores estão invertidos.

Pena que nosso presidente é um banana (no dicionário também tem alguns significados para essa palavra). Se não fosse um presidente sem pulso, já teria mandado embora o empregado Alexandre Mattos por incompetência administrativa. O custo benefício é ruim.

A Diretoria da Mancha Alvi Verde e a torcida do Palmeiras ficam no aguardo dos esclarecimentos referentes a esses questionamentos.

Bora lá, mineirinho, ver quem vence esse braço de ferro?

A foto mostra que nossos inimigos têm o seu sinal.

FORA, MATTOS

MAURÍCIO OMISSO!

Diretoria Mancha Alvi Verde"

Palmeiras