Topo

Thiago Santos aponta influência de Mano no seu gol e lamenta suspensão

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

14/10/2019 16h41

O lance que definiu a vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Botafogo, no sábado, tem muita influência de Mano Menezes. Quem diz isso é o autor do gol: Thiago Santos, volante que foi à entrada da área, tabelou com Gustavo Scarpa e dominou já limpando dois marcadores antes de finalizar rapidamente, balançando as redes pela sexta vez em 174 jogos no Palmeiras. Uma participação ofensiva, de alguém que é conhecido por ser marcador, a pedido do técnico.

"Ele pede para nós, que somos da posição ali, aproveitarmos sempre que tiver espaço para atacar. E foi assim na hora do gol. Vi que poderia surpreender ocupando o espaço no ataque e, graças a Deus, fui feliz para concluir a jogada em gol. Treino para evoluir sempre e, quando tiver a oportunidade, poder dar o melhor em campo", afirmou o camisa 5, definindo a conclusão da jogada como o momento mais difícil do decisivo lance no Pacaembu.

"A parte final da jogada foi mais complicada. Precisei dominar tirando do zagueiro e já pensando em finalizar rápido, porque o goleiro vinha saindo. Pude executar bem a jogada ali, dominar e já finalizar rápido para fazer o gol. Estou muito feliz com esse momento, e ainda mais pelo Palmeiras ter saído com os três pontos", comemorou.

Mas o jogo não foi só de boas notícias. Aos 28 minutos do segundo tempo, nove antes de ser substituído e intensamente aplaudido e exaltado pela torcida, Thiago Santos cometeu falta em Luiz Fernando e recebeu o terceiro cartão amarelo. Com isso, o volante, que atuou na vaga de Felipe Melo, que cumpriu gancho, não fica à disposição para enfrentar a Chapecoense nesta quarta-feira, no Allianz Parque, quando o titular deve voltar à equipe.

"Claro que você quer estar disponível todo jogo, ainda mais depois que faz um gol. Mas isso faz parte do futebol. A posição que atuo ali está sempre buscando desarmar, sempre em divididas, marcando grandes jogadores, então acaba, às vezes, tomando um cartão ou outro. Infelizmente, estou suspenso, mas temos um grupo muito bom e vamos preparados para enfrentar a Chapecoense na quarta", comentou, dizendo que trabalha para aproveitar as chances que tem.

"Temos um grupo muito qualificado aqui no Palmeiras, com grandes jogadores. Venho sempre fazendo meu trabalho no dia a dia para, quando essas oportunidades surgirem, fazer o melhor pelo Palmeiras. Foi o que fiz no jogo contra o Botafogo. Procurei estar bem concentrado o tempo todo, fazendo o que vinha treinando para, junto com meus companheiros, buscarmos a vitória", analisou Thiago Santos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Palmeiras