Topo

Seleção Brasileira


Tite rebate perguntas sobre Neymar: "Não passo a mão na cabeça de ninguém"

Tite observa o duelo entre Brasil x Peru na Arena Corinthians - Marcello Zambrana/Agif
Tite observa o duelo entre Brasil x Peru na Arena Corinthians Imagem: Marcello Zambrana/Agif

09/10/2019 11h05

O técnico Tite concedeu entrevista coletiva hoje e confirmou que Neymar será titular da equipe no amistoso contra Senegal, que acontece amanhã, às 09h (de Brasília). E ao falar sobre o atacante, o treinador rebateu um questionamento feito e disse que "não é pago para bajular jogador" e que "não passa a mão na cabeça de ninguém".

"As informações que vocês têm não são a realidade que nos temos. Não vou falar publicamente algumas coisas, não tenho esse direito. Temos relação de dizer o que é certo, o que é errado. Respeito quem fala, mas não tem a devida avaliação. Vou fazer o quê? A minha verdade e a minha consciência são maiores. Tenho muita paz comigo mesmo. Não pago preço para ficar bajulando jogador nenhum. Não passamos a mão na cabeça de ninguém. Ninguém se engana. Isso não faço. Faço o que tenho que fazer com Neymar, com Marquinhos, com Gabriel Jesus... não tenho isso", declarou o técnico.

Ainda ao analisar os questionamentos sobre Neymar, Tite relembrou o início da Copa América, quando precisou responder questões sobre a acusação de estupro que a modelo Najila Trindade fez contra o atleta.

"Não pago preço para ficar bajulando jogador nenhum. Isso é a minha educação, não como técnico. Como ser humano. Falei à época da Copa América que a verdade vem à tona, com o tempo. O tempo pode proporcionar (avaliações). Recebi 30 perguntas sobre o que aconteceu com ele, disse para terem calma antes de julgar. Tive que responder com pré-julgamento a respeito dele. Foi horrível de tratar. Deixo o tempo, não julgo ninguém. Mas me incomoda sim (essas críticas), principalmente fazerem julgamento sem informações, sem saber a conduta."

Mais Seleção Brasileira