Topo

Futebol


Andrés fala em 'show de bola' do Del Valle e nega possibilidade de demitir técnico Fábio Carille

19/09/2019 00h54

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, foi extremamente sincero ao ser questionado sobre a atuação do Timão na derrota, por 2 a 0, para o Independiente Del Valle, na noite da última quarta. O cartola falou em show de bola da equipe equatoriana, mas rechaçou a possibilidade de queda do técnico Fábio Carille caso o Alvinegro seja eliminado para na Copa Sul-Americana.

- O time sentiu muito. Tomamos um show de bola. Jogamos muito mal e eles jogaram muito bem. A realidade é essa. Tem dia que dá tudo errado e hoje deu tudo errado para nós. Eles deram uma aula de futebol disso, temos que nos conscientizar disso e nos preparar para tentar reverter - cravou Sanchez.

Em casa e apoiado por quase 38 mil pessoas, o Corinthians praticamente não viu a cor da bola contra o Del Valle. O Timão saiu perdendo no primeiro tempo e o técnico Fábio Carille mandou a equipe para cima na etapa final. Mesmo assim, foi o time do Equador que dominou a partida e chegou ao segundo gol, em um rápido contra-ataque.

- Eles não nos deixaram jogar, essa é a realidade. Temos que ser francos. Não adianta dar desculpas. Eles deram um show de bola e nós perdemos. Saiu barato o 2 a 0 - pontuou o dirigente deixando claro que o placar poderia ser mais elástico para os visitantes.

TABELA

>Veja como está o chaveamento da Copa Sul-Americana

Apesar do momento instável, da queda de rendimento no Brasileirão e com a situação extremamente delicada na Copa Sul-Americana, Andrés Sanchez garantiu que o técnico Fábio Carille não corre risco de perder o cargo nesta temporada. Nas redes sociais, alguns torcedores cogitaram a possibilidade da queda do treinador.

- Esse é o grande problema do Brasil, da imprensa brasileira, dos dirigentes brasileiros, do torcedor brasileiro. Perde um ou dois jogos e tem que mandar o treinador embora, o presidente embora, o jogador embora e não é assim que se faz futebol. Hoje foi um dia que nós não jogamos nada e eles jogaram muito. Ninguém vai tirar o Carille não - concluiu o cartola do Corinthians.

Mais Futebol