Topo

Futebol


Romildo Bolzan, em entrevista, explica declaração sobre 'soberba e arrogância' do Flamengo

18/09/2019 11h20

As palavras do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, apontando que existiria uma possível aura "de soberba e arrogância" mediante ao confronto contra o Flamengo pela semifinal da Libertadores reverberaram bastante tanto no Rio Grande do Sul como em todo o país.

Em entrevista que o mandatário concedeu ao programa SportsCenter, da ESPN Brasil, Romildo indicou que a sua intenção era de apontar possíveis erros que o Imortal não pode cometer assim como, em sua interpretação, ocorreu com o próprio Grêmio na Copa do Brasil quando caiu na semi para o Athletico-PR:

- O contexto em que foi dito foi exatamente em uma reunião de gremistas, e eu citei aquilo como exemplo para que ficássemos "vacinados" do que aconteceu conosco contra o Athletico-PR, compreendendo que muitas vezes o excesso de confiança pode atrapalhar. Os ambientes gerados numa decisão de tal natureza às vezes contaminam e, às vezes, as pessoas podem pensar que as coisas já estão terminadas. Não é assim que funciona.

Apesar da ponderação, o presidente não deixou de apontar que existe uma certa linha de raciocínio baseada na euforia por parte de diversos meios como de torcedores nas redes sociais e mesmo da própria imprensa.

- Estamos muito preocupados, muito cuidadosos com tudo que pode acontecer. Mas também quero dizer que acho, sim, que, pelo time que tem o Flamengo, pelo o que está jogando e pelos festejos que fazem, tem certa supremacia de comportamento sobre tudo isso. Mas muito mais em função da torcida, da mídia e redes sociais - avaliou.

Mais Futebol