Topo

Futebol


Renato Gaúcho vibra com atuação e se declara ao Grêmio

15/09/2019 19h33

Na tarde deste domingo, o Grêmio confirmou o seu favoritismo diante do Goiás, venceu por 3 a 0 e encerrou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro próximo da zona de classificação da Libertadores da América.

Na entrevista coletiva, Renato Gaúcho não poupou elogios a sua equipe e afirmou que não pediu aos jogadores para diminuir o ritmo na etapa final.

'O time reduziu o ritmo, mas não foi ordem minha. Dei os parabéns aos jogadores no intervalo. Mas, às vezes é difícil falar o que eu falei. Um ou outro podem achar que já fizeram o suficiente por hoje, e, o que é uma coisa normal, tirarem o pé do acelerador. Eu insisti para fazerem o quarto e o quinto gols, porque um gol pode te colocar mais para cima na tabela. Não fizemos como no primeiro tempo, até criamos, mas não tanto. Coloquei outros jogadores, mas talvez não fizemos outros gols pelo calor, faz parte", explicou.

Além da boa atuação, o Tricolor também tem outro motivo para comemorar. Neste domingo, o clube gaúcho completa 116 anos de vida e teve declaração de amor do treinador.

'Eu não tenho palavras para falar do Grêmio. Cheguei em 1980 ao clube, ajudei a conquistar títulos importantes, sempre me senti em casa aqui. Todo mundo sabe que sou gremista. Minha família toda é gremista. A belíssima vitória de hoje, dedico ao nosso clube, à torcida, porque o clube não viveria sem o nosso torcedor. Parabéns a todos e ao grupo pela atuação', disse Portaluppi.

Mais Futebol