Topo

Esporte


Torcedor pede camisa a Claudio Bravo e ganha casa do goleiro chileno

Menino perdeu camisa com nome e número de Bravo em incêndio, e avô gostaria de conseguir outra com o goleiro - REUTERS/Phil Noble
Menino perdeu camisa com nome e número de Bravo em incêndio, e avô gostaria de conseguir outra com o goleiro Imagem: REUTERS/Phil Noble

02/08/2019 17h58

Um gesto solidário do goleiro Claudio Bravo, do Manchester City, está rodando o mundo. Segundo o jornal La Cuarta, o jogador de 36 anos comprou quatro casas para famílias que foram vítimas de um incêndio em Maule, no Chile, em 2017.

De acordo com a publicação, foi a entrevista de Camilo, um garoto de nove anos, que chamou a atenção do atleta. Durante o fogo, que deixou ele e seus familiares desabrigados, o menino perdeu uma camisa com o nome e o número Claudio Bravo.

"Entrevistaram o meu neto na época do incêndio e ele disse que gostaria de ter uma camisa do Claudio Bravo. Ele (Bravo) disse que que ia oferecer não só uma camisa, mas também uma casa", disse o avô de Camillo, Miguel Millanguir.

"A Carla Pardo (esposa do jogador) veio depois, com os filhos, nos visitar e ver como estávamos. Foi muito gentil e amável. Aliás, chegaram a convidar o meu neto e o pai dele para assistirem a um jogo no Estádio Nacional", acrescentou Millanguir, que se decepcionou com a ausência de Bravo na lista do Chile para a Copa América.

"O gesto que ele teve para com a minha família e para com o meu neto foi muito grande. Quando soube que ele não ia à Copa América, fiquei desiludido e não quis ver os jogos", finalizou.

Gesto de Claudio Bravo virou destaque na imprensa chilena - Reprodução
Gesto de Claudio Bravo virou destaque na imprensa chilena
Imagem: Reprodução

Mais Esporte