PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Soteldo nega incômodo por ser cortado em jogos por limite de estrangeiros

Ivan Storti/Santos FC
Imagem: Ivan Storti/Santos FC

28/02/2019 12h40

O meia-atacante Yeferson Soteldo não se diz incomodado por ser cortado em alguns jogos pelo limite de estrangeiros no Santos. O Peixe pode escalar somente cinco gringos por partida.

O venezuelano foi cortado da partida contra o Guarani há 10 dias. Na ocasião, jogaram os colombianos Copete e Felipe Aguilar, o peruano Christian Cueva, o uruguaio Carlos Sánchez e o paraguaio Derlis González.

- Não (incomoda). Foi apenas um jogo. O professor falou comigo por causa desse limite de cinco estrangeiros. Quero sempre jogar, mas isso ocorreu comigo e agora é preciso ganhar o posto, não só no 11, mas no grupo estrangeiro também - disse Soteldo, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé.

Soteldo também afirmou estar tranquilo para conquistar uma vaga entre os 11 titulares da equipe do técnico Jorge Sampaoli.

- É pouco a pouco para ganhar a confiança do técnico como todos os jogadores. Tenho que estar tranquilo, agora mais ainda, tenho que fazer as coisas muito melhor e pensar que há que estar bem, todos precisam estar bem para demonstrar que podem jogar. Há competição sadia e todos brigam pela posição - falou.

Sem motivos para poupar, Soteldo pode não ser relacionado para o duelo contra o Oeste, neste sábado, às 19h, no Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

O Alvinegro faz o último treino nesta sexta-feira antes de viajar a São Paulo. O Peixe é o líder do Grupo A, com 19 pontos.

Esporte