Topo

Esporte


Palmeiras avança em acerto com Ricardo Goulart e depende de chineses

Ricardo Goulart em ação pelo Guangzhou Evergrande contra o Jeju United - Xinhua/Liu Dawei
Ricardo Goulart em ação pelo Guangzhou Evergrande contra o Jeju United Imagem: Xinhua/Liu Dawei

12/12/2018 14h45

O sonho do Palmeiras de ter Ricardo Goulart está mais perto de se realizar. O clube avançou nas conversas para se acertar com o meia-atacante do Guangzhou Evergrande (CHN), e há expectativa de que ele seja reforço para 2019.

Entre Ricardo e o Palmeiras, as conversas estão muito bem adiantadas. Resta a definição com o clube chinês para que ele seja, enfim, liberado. Seu contrato é válido até o começo de 2020. Para jogar no Verdão, ele deve renovar por pelo menos um ano com o Guangzhou antes de ser emprestado até dezembro de 2019. Uma fatia do seu salário ficará a cargo do Alviverde, e outra parte seria assumida pela Crefisa - a patrocinadora ainda não assinou, mas tem conversa adiantada para renovar por três anos com o clube.

Goulart passou o último mês se tratando na Academia de Futebol depois de uma cirurgia no joelho. O jogador de 27 anos de idade recuperou-se bem, mas ainda levará algo em torno de três meses para ter condição de jogo.

Sua contratação é um desejo antigo no clube, especialmente porque o atleta foi peça importante na campanha do bicampeonato brasileiro do Cruzeiro, em 2013 e 2014, com Alexandre Mattos. O diretor de futebol do Verdão tem boa relação tanto com o atleta quanto com seu empresário, Paulo Pitombeira.

Ainda há, também, a vantagem de Ricardo Goulart ter feito uma parceria de sucesso com Luiz Felipe Scolari, seu técnico no Guangzhou Evergrande entre 2015 e 2017. Eles conquistaram três vezes o Campeonato Chinês, duas vezes a Supercopa da China, uma Copa da China e a Liga dos Campeões da Ásia.

Felipão gosta muito do meia-atacante, mas não o vê como um possível substituto de Dudu caso o camisa 7 seja negociado nesta janela - o clube ainda não recebeu proposta oficial. Para o treinador, seu jogo não é de velocidade como do atual ídolo da torcida.

Goulart não é o único reforço para o ataque próximo: Carlos Eduardo, do Pyramids FC (EGI), deve ser oficializado em breve, assim como o volante Matheus Fernandes, do Botafogo. O clube já anunciou o meia Zé Rafael e o centroavante Arthur Cabral.

Mais Esporte