PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jogadores do CSA comemoram acesso após mais de três décadas

25/11/2018 13h16

Após 31 anos, o CSA retornou à Série A do Campeonato Brasileiro com uma campanha quase que irretocável na Série B onde ficou com o vice-campeonato. Um dos principais jogadores do clube, o meia Didira comemorou bastante o feito e destacou a entrega do grupo durante toda a competição que se iniciou em maio.

- Foi uma Série B irretocável da nossa equipe. Até nos momentos mais difíceis conseguimos nos superar e dar a volta por cima rapidamente. A entrega do grupo fez a diferença neste sentido. Não deixamos de acreditar no acesso em momento algum. Isso foi fundamental - disse.

Outro destaque da equipe, o lateral-direito Celsinho falou sobre a união do grupo durante a temporada:

- Em nosso grupo não teve vaidade. A união foi fundamental para que pudéssemos alcançar esse acesso, que foi histórico para o clube. Nos unimos e lutamos para honrar essa camisa do início ao fim. Fomos recompensados com esse acesso para a primeira divisão.

Um dos pilares da defesa alagoana, o zagueiro Xandão lembrou o apoio do torcedor do Azulão este ano.

- A torcida do CSA é um caso à parte. Eles foram fundamentais para a nossa equipe do primeiro ao último jogo da temporada. Tivemos sintonia e isso foi importante. Sem eles nada disso seria possível. Agora é comemorar com eles, que merecem muito. O CSA merece muito - afirmou o lateral do clube de Maceió.

Esporte