PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Se for campeão no Rio, Palmeiras repetirá celebração de 51 anos atrás

Pedro Vilela/Getty Images
Imagem: Pedro Vilela/Getty Images

24/11/2018 07h30

Entre todos os nove títulos brasileiros do Palmeiras reconhecidos pela CBF, somando os troféus da Taça Brasil, do Torneio Roberto Gomes Pedrosa e do Campeonato Brasileiro disputado desde 1971, o clube só foi campeão fora de São Paulo uma vez. E foi exatamente no Rio de Janeiro, exatamente na cidade em que a equipe pode selar a conquista deste ano se vencer o Vasco neste domingo, em São Januário, pela penúltima rodada da competição.

A comemoração de um título nacional em território carioca ocorreu há quase 51 anos. Na Taça Brasil de 1967, o Verdão, classificado ao torneio como campeão paulista de 1966, enfrentou na final o Náutico, então pentacampeão pernambucano e que levantaria o hexa estadual em 1968. Na decisão, o Palmeiras ganhou a ida, por 3 a 1, na Ilha do Retiro, mas perdeu a volta, no Pacaembu, por 2 a 1. Foi necessário um jogo-desempate.

A definição do campeão da Taça Brasil de 1967 ocorreu no Maracanã, em 29 de dezembro daquele ano. No Palmeiras, a escalação do técnico Mário Travaglini tinha: Perez; Geraldo Escalera, Baldocchi, Minuca e Ferrari; Dudu e Zequinha; César Maluco, Ademir da Guia, Tupãzinho e Lula. E venceu por 2 a 0, com gols do atacante César Maluco, aos sete minutos do primeiro tempo, e do meio-campista Ademir da Guia, aos 34 da etapa final.

Nos outros oito títulos brasileiros reconhecidos pela CBF, o Verdão foi campeão como mandante. A maioria deles, no Morumbi: lá, fez 3 a 1 no Botafogo pelo Robertão de 1969, 0 a 0 diante do Botafogo no Brasileiro de 1972, outro 0 a 0 contra o São Paulo em 1973 e, em 1993, derrotou o Vitória por 2 a 0. No Pacaembu, o Palmeiras garantiu a Taça Brasil de 1960, impondo 8 a 2 sobre o Fortaleza, o Robertão de 1967, com 2 a 1 no Grêmio, e o Brasileiro de 1994, com 1 a 1 diante do Corinthians. O último título veio no Allianz Parque, vencendo a Chapecoense por 1 a 0, em 2016.

Entre suas principais conquistas nacionais, o Palmeiras ainda faturou como mandante duas Copas do Brasil: as edições de 1998, batendo o Cruzeiro por 2 a 0, no Morumbi, e de 2015, superando o Santos por 2 a 1 no tempo normal e por 4 a 3 nos pênaltis, no Allianz Parque.

Dos 13 títulos nacionais de maior relevância na história do Palmeiras, essas dez foram decididas em São Paulo. Além da Taça Brasil de 1967, o clube venceu como visitante a Copa do Brasil de 2012, garantida com empate por 1 a 1 diante do Coritiba, no Couto Pereira, no Paraná, e a Copa dos Campeões de 2000, torneio que reunia campeões regionais, dava vaga na Libertadores do ano seguinte, era disputada no Nordeste e, naquela temporada, foi decidida com vitória por 2 a 1 sobre o Sport, no estádio Rei Pelé, em Alagoas.

Para ter mais uma conquista como visitante, o Palmeiras precisa ganhar do Vasco, às 17h deste domingo, ou se garantir até sem vitória, caso o Flamengo não vença o Cruzeiro, no Mineirão, em jogo no mesmo horário - o Rubro-Negro está em segundo lugar, cinco pontos atrás do líder. Se o título não vier neste fim de semana, o Verdão ainda terá a chance de ficar com o troféu na última rodada, no dia 2, quando recebe o Vitória, no Allianz Parque.

Esporte