PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Para evitar queda, Paysandu mira vitória contra o Atlético-GO

23/11/2018 18h17

O Paysandu tem um único objetivo na última rodada para evitar rebaixamento da Série B: a vitória. Neste sábado, o Bicolor enfrenta o Atlético-GO, às 17h, na Curuzu. A equipe comandada por João Brigatti vem de três triunfos consecutivos, mas ainda amarga o 17º lugar, com 43 pontos. O Dragão remotas chances de acesso.

Vale ressaltar que a torcida vai em peso para empurrar os jogadores para permanência. Todos os 11.400 bilhetes colocados à disposição da torcida foram vendidos.

O técnico João Brigatti terá um único desfalque. O zagueiro Perema, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O treinador bicolor optou por mandar para o jogo alguns atletas que não vinham sendo utilizados, como o volante Cáceres e o zagueiro Guilherme Teixeira.

O goleiro Renan Rocha destacou a intensidade de entrar na partida totalmente focado. Além disso, ressaltou que a equipe não pode cometer erros bobos e ser eficientes no ataque.

- Temos que entrar focados, tanto atrás como na frente, mas organizado. Não adianta atacar igual índio, de qualquer maneira, e não se defender. Temos que priorizar a parte tática, obedecer, que naturalmente a gente consegue a vitória. Agora um placar elástico, que a gente sabe que é complicado, é muito difícil, mas a gente tem que ser pontual e não errar lá atrás também. Sabemos que se tomarmos um gol complica mais ainda - ressaltou o goleiro.

Já do lado do Atlético-GO, o cenário é completamente diferente. O Dragão ocupa a sexta posição, com 56 pontos. As chances de acesso são bem remotas: o time goiano precisa vencer o Paysandu, torcer contra Ponte Preta e CSA e ainda tirar diferença de nove gols de saldo para a equipe paulista e de sete gols para o time alagoano.

Para finalizar, o comandante Wágner Lopes aguardará o término do Campeonato Brasileiro, da Série B, para analisar se fica ou sair do Dragão.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

PAYSANDU: Renan Rocha; Matheus Silva, Diego Ivo, G. Teixeira e Guilherme Santos; Renato Augusto, Nando Carandina, Hugo Almeida e Pedro Carmona; Mike e Magno. Técnico: João Brigatti.

ATLÉTICO-GO: Kléver; Jonathan, Oliveira, Gilvan e Moraes; Pedro Bambu, Vitinho e João Paulo; André Luís, Renato Kayzer e Júlio César. Técnico: Wágner Lopes.

Esporte