PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Kleina afirma dificuldades na Série B e trata último jogo como 'batalha'

22/11/2018 18h33

A Ponte Preta está a um jogo de definir seu futuro para próxima temporada: fica na Série B ou confirma o acesso. O técnico Gilson Kleina afirmou que teve turbulências na campanha, porém conseguiu manter segurança para continuar bom trabalho.

- Nessa caminhada tivemos curvas sinuosas, tivemos turbulências, mas ela está no trilho, em linha reta. Agora não pode é dormir, porque aí que vem a grande tragédia. É manter o foco, está no norte. Vai fazer de tudo para voltar feliz para Campinas e poder organizar e dar uma estruturada nessa instituição, porque ela merece.

Na última partida da competição nacional, o comandante ressaltou o grande duelo contra o Avaí. As duas equipes lutam pelo acesso e só dependem delas mesmo para conquistar o feito.

- Está chegando o grande dia, a grande hora, o grande momento. O mais importante disso é que nos preparamos para esse jogo. Agora é a última batalha. Espero que nós possamos continuar sendo competentes para coroar esse trabalho. Não vou negar que gera ansiedade em todos nós, mas tento colocar tranquilidade nos jogadores. Não podemos descaracterizar nossa identidade, porque esse comportamento é o que nos trouxe até aqui. Espero que a gente seja muito feliz no final dessa jornada - confirmou.

Com 59 pontos, a Ponte chega à rodada final dentro do G-4 graças à vantagem no saldo de gols sobre o CSA (12 a 10) e depende apenas de si para conquistar o acesso.

Esporte