PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Felipão cita lição do Palmeiras e veta TV no vestiário com o jogo do Inter

22/11/2018 00h52

Felipão disse que o Palmeiras aprendeu com os erros diante do já rebaixado Paraná, domingo, depois da goleada por 4 a 0 sobre o América-MG, no Allianz Parque. O time poderia até ter sido campeão nessa quarta, mas a vitória do Flamengo adiou a comemoração por pelo menos mais uma rodada. O técnico, contudo, diz que o foco é que o Verdão faça sua parte nos últimos dois jogos.

- Será que se eu perguntasse para a torcida se gostariam de festejar ou de disputar o título cinco pontos atrás, com dois jogos a disputar, estariam satisfeitos? Acho que não. Vi a torcida feliz pela vitória e ainda estamos correndo atrás do título. Temos ainda muita coisa para disputar, sim, mas com possibilidades enormes. A ansiedade, agora, torna-se ainda menor do que tínhamos hoje, porque faltam dois jogos só. Temos de trabalhar em cima do que já foi conseguido, este número expressivo, faltando dois jogos e tranquilizar que o time tem uma possibilidade de tropeçar, ter algum erro e ainda tem chance de ser campeão. A cinco pontos atrás não teríamos chances de erro. Ganhamos o jogo, não ganhamos o título, mas estamos encaminhando - analisou o treinador.

- (Contra o Paraná) Tivemos erros que não cometemos hoje. Tivemos de corrigir. Naquele jogo se imaginava que o primeiro contra o último seria muito tranquilo e não tem jogo fácil. Quando a gente leva o susto, as coisas vão mais tranquilas no jogo seguinte. Foi o que aconteceu hoje. Desde o primeiro tempo tivemos mais chances e fizemos os gols no segundo tempo. Foi um bom susto para mudarmos algumas coisas - acrescentou.

Para que garantisse a taça na 36ª rodada, o Palmeiras precisava vencer o América-MG e torcer por tropeços de Internacional e Flamengo. O jogo dos gaúchos começou mais cedo, enquanto o Rubro-Negro também entrou em campo às 21h45. Para evitar distrações, Scolari não deixou nem a TV do vestiário no Allianz Parque ligada.

- Eu passei segunda-feira sem falar muito com eles, porque não adiantaria nada. Terça falamos um pouco mais, corrigimos algumas coisas. O termo não é corrigir, alertamos sobre o que fizemos de errado e o porquê de termos a pressa se temos cinco pontos de vantagem, podemos administrar em um jogo. Foi o que fizemos hoje. Quis mostrar esta tranquilidade. Desliguei a TV do vestiário, porque não quero saber do Internacional, preciso de foco no meu jogo. Hoje poderíamos definir quase que o final do campeonato, então temos de fazer nosso trabalho. O dos outros não interessa - completou.

Com 74 pontos, o Palmeiras tem cinco de vantagem para o Flamengo, segundo colocado, e pode ser campeão no domingo, quando visita o Vasco, pela penúltima rodada do Brasileiro. Caso a decisão vá para a última rodada, o adversário será o Vitória, no Allianz Parque.

Esporte