PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vice-presidente do Monaco lucra R$ 145 milhões com transferências

20/11/2018 09h36

Os documentos do Football Leaks continuam reverberando na Europa, principalmente na França. No epicentro das revelações, PSG e Monaco se destacam, na maioria das vezes por conta da transferência de Mbappé. A mais nova revelação tem relação com o vice-presidente do Monaco, Vadim Vasilyev, que ganharia 10% de todas as vendas do clube francês.

O Monaco se destaca, tradicionalmente, pela revelação de jogadores. Com as últimas vendas, o russo teria ganho 5,3 milhões de euros (R$ 22,7 milhões), em 2015/16 e 5,4 milhões de euros (R$ 23,1 milhões), em 2016/17.

A temporada posterior, porém, seria a mais frutífera, tendo em vista que o Monaco vendeu quatro jogadores, por boas quantias. São eles, Tiémuoé Bakayoko, vendido ao Chelsea, por 45 milhões de euros (R$ 193,1 milhões); Mbappé para o PSG, por 180 milhões de euros (R$ 772,5 milhões). Além de Benjamin Mendy e Bernardo Silva, para o Manchester City, que acumulou um total de 97,5 milhões de euros (R$ 418,4 milhões).

Dessa forma, Vasilyev teria lucrado 23,45 milhões de euros (R$ 100 milhões), apenas com o transferências de jogadores. O mandatário russo e o Monaco confirmaram, para a 'Mediapart', que a existência desta comissão de 10%, que está justificada no contrato de Vasilyev.

Esporte