PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vasco vira alvo da Procuradoria do STJD após derrota para o Corinthians

18/11/2018 16h23

Na briga contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro, faltando três jogos para o fim da competição, o Vasco vai ganhar uma nova dor de cabeça. O clube virou alvo da Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após os relatos da súmula do árbitro Wilton Pereira Sampaio, na derrota cruz-maltina para o Corinthians, na noite do último sábado. Informalmente, os procuradores já afirmam que irão denunciar dirigentes do Vasco, apesar de ainda estudarem outras possibilidades. A definição sobre o rumo do caso deve ser oficializada nesta segunda-feira.

A primeira denúncia deve ser sobre o presidente Alexandre Campello. Na súmula, o árbitro relatou ofensas do mandatário do Vasco no intervalo da partida e após o término, com termos como "não dá nenhuma falta pra gente, expulsa o treinador, ainda dá cartão amarelo pro goleiro, c***! vai ser caseiro do c***". O diretor executivo de futebol Alexandre Faria também deve ser denunciado por conta das declarações em entrevista coletiva, quando afirmou que o árbitro teria "pipocado".

Expulso no intervalo do jogo, o técnico Alberto Valentim também pode vir a ser denunciado. Na súmula, o árbitro relatou que o treinador do Vasco "você está de sacanagem, está me perseguindo", invadindo o campo de jogo. Sobre o atacante Maxi López, último citado no relato na súmula, mesmo não relacionado, ainda depende de estudo da Procuradoria. Estes casos, se as denúncias forem oficializadas, devem ser enquadrados no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por "ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto".

Caso as denúncias sejam confirmadas de acordo com a análise inicial da Procuradoria do STJD, para Alexandre Campello, a pena variaria de R$ 100 a R$ 100 mil de multa, além de suspensão de 15 a 90 dias. Para Alberto Valentim e Alexandre Faria, além do mesmo valor da multa, entraria em ação o inciso primeiro do artigo 243-F, com a suspensão mínima de quatro partidas, podendo chegar a seis caso a pena máxima seja considerada. Já para Maxi López, a procuradoria estuda as possibilidades, já que o atleta não foi relacionado. Se houver denúncia para o atacante, a tendência é que seja considerada uma pessoa natural, com a penalidade prevista de suspensão de 15 a 90 dias.

Por fim, o árbitro Wilton Pereira Sampaio também relatou na súmula tumulto no setor dos torcedores do Vasco, na Arena Corinthians, após o fim de jogo. No relato, ele afirmou que "alguns torcedores retiraram os assentos e os arremessaram em direção a torcida adversária e do policiamento que se encontrava fazendo o isolamento entre ambas" e que "o referido tumulto foi rapidamente contido pelo policiamento". A tendência é que por este episódio o Vasco não seja denunciado, já que o inciso terceiro do artigo 213 afirma que "a comprovação da identificação e detenção dos autores da

desordem (...) exime a entidade de responsabilidade".

REPRESENTAÇÃO CONTRA O ÁRBITRO

O Vasco informou, por meio do diretor executivo de futebol, Alexandre Faria, que irá entrar com uma representação na Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contra o árbitro Wilton Pereira Sampaio, pelos erros considerados na derrota para o Corinthians, no último sábado, como uma penalidade não marcada em Marrony. De acordo com o dirigente cruz-maltino, anteriormente, o clube já tinha feito outra reclamação formal, mas sem ter surtido o efeito esperado. No jogo contra o Sport, o árbitro era o mesmo e o Cruz-Maltino considera que ele também deixou de marcar um pênalti, daquela vez em Giovanni Augusto.

- Já tínhamos reclamado e não tinha surtido efeito. Claro que vamos entrar com representação na CBF de novo. Vamos lá de novo. Se o Wilton for apitar jogo do Vasco de novo é uma brincadeira, uma piada... Depois do que ele fez no jogo na Ilha do Retiro e depois do que fez neste sábado, aí é pedir demais. Mas vamos lá de novo - declarou Alexandre Faria, que não confirmou a data efetiva que entrará com a representação.

> Confira a seguir a imagem do relato do árbitro na súmula!

Esporte