PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Querido por jogadores e cidade, ex-dono do Leicester marcou época

Vichai Srivaddhanaprabha transformou o Leicester em um time campeão - Michael Regan / Getty Images
Vichai Srivaddhanaprabha transformou o Leicester em um time campeão Imagem: Michael Regan / Getty Images

29/10/2018 07h15

A cidade de Leicester passou por uma tragédia neste sábado. O helicóptero que transportava o dono do clube, o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha e mais quatro passageiros, caiu e não deixou nenhum sobrevivente.

Querido pelos torcedores e jogadores, Vichai era conhecido pelo jeito simples e generoso de comandar seus negócios. Foi importante na conquista do inédito título do Campeonato Inglês de 2015/16, além de ajudar instituições de caridades e apoiar a cidade de Leicester.

Espírito família

Vichai era o quinto tailandês mais rico do mundo, dono do grupo de varejo King Power Duty Free, comprou o Leicester em 2010, por 43 milhões de euros (R$ 102,4 milhões) e nomeou o filho, Aiyawatt, como vice-presidente do clube.

Sempre atento ao que acontecia no clube inglês, o milionário tailandês era conhecido pelo seu jeito de gerir os negócios. Apegado a sua família, conduzia tanto o Leicester quanto a sua bilionária empresa com um espírito familiar, sendo próximo dos funcionários e dos jogadores, que lamentaram nas redes sociais a tragédia.

"Hoje é um ótimo dia para Leicester City. Nossos proprietários são pessoas fantásticas com incrível ambição para o futuro. Eles têm grande caráter e integridade e vão lutar pelo sucesso da cidade de Leicester", disse e profetizou, em 2010, o ex-dono do Leicester, Milan Mandaric, ao anunciar a venda do clube para Vichai.

Determinante no maior título do Leicester

Como gestor do Leicester, teve participação primordial na formação do elenco que viria conquistar a Premier League. Acompanhou de perto as negociações com o goleiro Schmeichel, que estava no Leeds; de Mahrez, então desconhecido no Le Havre; e do atacante Jamie Vardy. Foi também Vichai que contratou o técnico italiano Claudio Ranieri, esquecido no meio do futebol e que conquistou o título mais importante do clube.

O elenco fez história ao conquistar o Campeonato Inglês em 2015/16, com 81 pontos, um ano depois de subir para a primeira divisão. Budista, Vichai costumava levar monges para o vestiário para dar força positiva aos jogadores antes das partidas e, após o título, distribuiu BMW's i8 azuis (cada veículo custava 100 mil euros, R$ 347,5 mil) para todos os atletas.

Após o título, negociou pessoalmente a renovação de Jamie Vardy, cobiçado por diversos clubes europeus, mas não conseguiu impedir a saída de Mahrez, atualmente no Manchester City.

"Lutando para encontrar as palavras certas, mas para mim você é uma lenda, um homem incrível que teve um coração gigante, a alma do Leicester City. Obrigado por tudo que você por mim, minha família e nosso clube. Eu vou sentir, verdadeiramente, a sua falta. Que você descanse em paz", escreveu, em seu Instagram, o atacante Jamie Vardy

Influente na comunidade

Além do clube, Vichai também teve participação direta no rejuvescimento da cidade de Leicester. Com apenas 300 mil habitantes, a cidade inglesa entrou no radar mundial após o inédito título conquistado. O tailandês trouxe investimentos para a cidade e sempre dialogava com os habitantes. Os torcedores fizeram questão de prestar homenagens.

Em seu aniversário de 60 anos, distribuiu 60 ingressos de temporada (que dá direito a todos os jogos) para 60 torcedores do clube. Doou 2,5 milhões de euros (R$ 10,4 milhões) para a construção de um hospital pediátrico e 25 mil euros (R$ 104,5 mil) para um torcedor que tinha um filho com uma doença rara. Das pequenas às grandes ações, Vichai abraçou a pequena cidade inglesa.

"Eu estou totalmente devastado; É difícil traduzir em palavras tudo que você representou para este clube e a cidade de Leicester. Sabemos todo investimento que você e sua família fizeram. Mas isso é sobre muito mais. Você sempre se importou por toda comunidade. Suas infinitas contribuições para os hospitais e instituições de caridade nunca vão ser esquecidas", escreveu o goleiro Schmeichel, no Twitter

Legado

Vichai Srivaddhanaprabha Leicester título - Matt Dunham/AP - Matt Dunham/AP
Tailandês conseguiu guiar o time ao título inglês
Imagem: Matt Dunham/AP

Vichai tinha o hábito de chegar e deixar o King Power Stadium de helicóptero, tanto que os torcedores da equipe estranhavam quando não viam o veículo do tailandês nos arredores do estádio. O acidente ocorreu, no último sábado, por volta das 20h20. O clube, neste domingo, confirmou a morte do ex-dono e dos quatro passageiros.

A torcida já presta homenagens e o clube vai abrir as portas do King Power para os torcedores que quiserem deixar mensagens de condolências para as famílias. Após o título de 2015/16, Vichai escreveu a seguinte mensagem para os torcedores do Leicester.

"Nosso espírito existe por causa do amor que compartilhamos e pela energia que ajuda a criar, tanto dentro quanto fora de campo. E nos próximos continuará sendo nosso maior patrimônio", declarou o tailandês

Que seu legado continue.

Esporte