PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cuca valoriza vitória do Santos e vê chance de pensar em 'algo grande'

30/09/2018 19h37

Foi uma vitória magra, sofrida, porém de suma importância para as pretensões do Santos no Brasileirão. O triunfo por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, com gol aos 51 minutos da etapa final, levou o time para a oitava posição na tabela, além de satisfazer os desejos do técnico Cuca.

O comandante do Peixe, em coletiva após a partida, reconheceu que o time não fez grande partida na Vila Belmiro, neste domingo, porém os três pontos chegam como um alívio e, ao mesmo tempo, como um novo gás para buscar degraus maiores na competição.

"O mais importante era ganhar. Não ganhávamos há três jogos, olhávamos para baixo, corríamos risco, e víamos pessoal se afastando. E nesse ano o sétimo e quem sabe mais vão para a Libertadores. Nossa briga também seria em cima. Agora, olhando, fomos a 36 e a um ponto do Cruzeiro. Isso nos leva a pensar em algo grande no campeonato, sem pensar atrás", comemorou o treinador.

Cuca voltou a falar sobre a possibilidade de o Santos receber o Corinthians no Vila Belmiro, em clássico que será realizado no dia 13 de outubro, mas está marcado para o Pacaembu, algo que não é do agrado dos jogadores, nem da comissão técnica, mas que tem a simpatia do presidente. Para o comandante, apesar da discordância, a palavra final é do mandatário.

"Conversamos com o presidente há alguns dias. Sabemos da força em São Paulo, torcida muito maior, ninguém quer dividir o Santos em dois, apenas tecnicamente falando, nó nos sentimos mais fortalecidos em casa. Que adversário desça a serra, venha na espiritualidade da Vila. É opinião da comissão e de todos os jogadores, mas quem manda é o presidente", concluiu o técnico santista.

O Santos volta a campo na próxima sexta-feira para enfrentar o Vitória, fora de casa, às 21h30. A partida é válida pela 28ª rodada do Brasileirão.

Esporte