PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jair Ventura elogia desempenho do Corinthians: 'Fiquei muito feliz'

Alexandre Schneider/Getty Images
Imagem: Alexandre Schneider/Getty Images

29/09/2018 22h14

O técnico Jair Ventura deixou o Independência satisfeito com a atuação do Corinthians na partida contra o América-MG, apesar do empate sem gols na noite deste sábado. Na visão do comandante alvinegro, os seus comandados criaram as condições necessárias (14 finalizações apenas no primeiro tempo) para saírem com a vitória.

"Quando a gente fala, parece que é desculpa de treinador, mas conversei aqui com o pessoal da análise de desempenho e parece que foi o nosso melhor primeiro tempo do ano. Tudo muito bom, mas não fizemos o gol. Fiquei muito feliz pelo desempenho. Você conseguir ter controle total do jogo, igual ao que tivemos hoje, é difícil. Lembrando que viemos de um jogo com desgaste emocional muito grande", afirmou o treinador.

Depois de conquistar a classificação para a final da Copa do Brasil na última quarta, após vitória sobre o Flamengo, em Itaquera, por 2 a 1, o Alvinegro voltou a demonstrar um bom futebol. Na opinião do treinador, que precisou fazer algumas mudanças por conta do desgaste gerado naquela partida, o desempenho foi satisfatório.

"Começamos com seis meninos com menos de 23 anos e eles deram conta do recado. O desempenho foi muito bom. A gente sai feliz. Foi tão bem que até nas transições do América, sofremos pouco. Faltou um pouquinho de paciência no terço final", pontou Jair Ventura, sem esconder certa frustração pelo empate.

Na próxima rodada, o Corinthians mede forças com o Flamengo, equipe que eliminou para chegar à final da Copa do Brasil. Por conta das eleições presidenciais, no próximo domingo, o time de Parque São Jorge joga na sexta-feira, pela 28ª rodada do Brasileirão.

Confira outros trechos da coletiva do técnico Jair Ventura:

Cobrança aos atletas

"Sou um cara tranquilo, mas também cobro muito. Ainda temos muito para melhorar. Vou estar sempre cobrando os pequenos detalhes, para buscar a excelência."

Sobre o Corinthians não ter feito faltas no primeiro tempo

"Dado muito interessante. Não me lembro de passar tanto tempo assim sem marcar uma falta. Mostra que o Corinthians veio para jogar futebol. É um dado interessante, mas não lembro. O Corinthians veio para cá para ganhar o jogo, por isso tivemos o domínio da partida."

Brasileirão x Copa do Brasil

"Quero conciliar. A vida de treinador, se não tiver resultados, você perde seu emprego. Não é a realidade do Corinthians brigar lá embaixo. Mas brigar pela Copa do Brasil faz diferença, estamos em duas competições. Não podemos deixar de lado isso, mas temos que jogar o Brasileirão com seriedade."

Cinco jogos sem vencer fora de casa

"Pelo desempenho, fiquei muito feliz jogando fora de casa. A gente tem que voltar a vencer fora de casa, mas se mantivermos esse desempenho, vamos conseguir essa vitória."

Ainda sobre a atuação do time

"É difícil encaixar a marcação quando não temos alguém ali. Isso é difícil. Por conta dessas situações, tivemos o controle total da partida. Pareceu que estávamos jogando em casa. Ficamos feliz pelo desempenho, mas triste por não ter conseguido traduzir isso em gol."

Esporte