PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em estreia de Dorival, Fla e Bahia ficam apenas no empate sem gols

29/09/2018 23h04

Na estreia do técnico Dorival Júnior - apresentado horas antes - o Flamengo

desperdiçou a oportunidade de voltar à liderança do Campeonato Brasileiro, mesmo que momentaneamente (passaria o São Paulo, que joga neste domingo, no número de vitórias). O time rubro-negro e o Bahia protagonizaram uma partida para lá de sonolenta, que em nada empolgou os torcedores que deixaram o sábado à noite de lado para acompanhar o duelo na Arena Fonte Nova. Já o Bahia, chegou a 30 pontos e abriu dois de vantagem para a Chapecoense, primeiro time na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Flamengo encara o Corinthians, sexta-feira, fora de casa, enquanto o Bahia visita o Grêmio, no sábado.

Caras novas no banco

Enquanto o Flamengo contava com a estreia do técnico Dorival Júnior, o Bahia tinha no banco Luis Fernando Pires, que ocupava o lugar do suspenso Ederson Moreira.

Lá e nem tanto cá

Em casa, o Bahia esteve melhor no primeiro tempo, conseguindo boas tramas no setor ofensivo e chegando ao gol do Flamengo, apesar de levar pouco perigo. O time rubro-negro, por outro lado, ficou mais acuado e, quando teve chance de ir ao ataque, tomou decisões erradas e cometeu equívocos.

Na bronca

O Tricolor baiano reclamou de dois lances em que considerou pênalti: um em que Cuéllar tentou cortar e a bola pegou na mão de Léo Duarte e outro em que Zé Rafael alegou ter sido tocado por Réver, o que não aconteceu.

Quase

O lance em que a equipe rubro-negro esteve mais perto de balançar a rede foi com Vitinho, quando o goleiro Anderson falhou e o camisa 14 não conseguiu aproveitar.

O que é isso?

Em certo momento do segundo tempo, uma mistura de pressão tricolor com show de horrores de ambos os times. Após boa defesa de Cesar, em chute de Élber, zaga afasta, Cuéllar tenta driblar e perde. Bola sobra para Réver, que fura. Após recuperação baiana e cruzamento, Gilberto gira e tenta finalização, mas chuta o chão e cai.

No fim

No último minuto, Arão, sem marcação na área, perdeu chance ao cabecear para fora.

Esporte