PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corintianos deixam o Independência lamentando chances perdidas

Mourão Panda / AFC
Imagem: Mourão Panda / AFC

29/09/2018 21h14

Os jogadores do Corinthians deixaram o gramado do Independência, em Belo Horizonte, lamentando o desperdício das oportunidades criadas no empate sem gols com o América-MG, sobretudo no primeiro tempo. Na visão dos paulistas, o time tinha condições de voltar de Minas Gerais com uma vitória.

"Não fomos eficientes. Infelizmente, não estávamos na nossa noite, No primeiro tempo, demos 14 chutes. No segundo, demos uma caída. Não foi o segundo tempo que a gente queria", afirmou o meia-atacante Mateus Vital, ainda no gramado do Independência.

De fato, o Corinthians sofreu uma queda brusca de rendimento na etapa final. Depois de chutar 14 vezes ao gol João Ricardo no primeiro tempo, o time do técnico Jair Ventura finalizou apenas uma vez nos 45 minutos finais. Apesar do desequilíbrio nos números, o elenco fez questão de lembrar que conseguiu um ponto fora de casa.

"Pelo nosso jogo, pelo nosso volume, o empate não foi tão agradável. O goleiro deles estava em uma noite inspirada, mas o importante é somar", discursou o zagueiro Léo Santos.

"Achei que produzimos muito bem. O Jair achou um sistema que está dando certo. Fizemos um grande primeiro tempo, mas não fizemos o gol. Estamos no caminho certo", emendou o centroavante Roger, que entrou nos minutos finais da partida.

Na próxima rodada, o Corinthians volta a jogar em sua arena. Na sexta, o Timão encara o Flamengo, adversário que eliminou para chegar à final da Copa do Brasil, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Esporte