PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-Guarani, atacante Silas Brindeiro morre após luta contra a leucemia

27/09/2018 12h26

Ex-atacante de Guarani, Náutico e Brasiliense, Silas Brindeiro, de 31 anos, faleceu na noite de terça-feira após agravamento de uma infecção pulmonar. Silas lutava contra a leucemia desde dezembro de 2014, chegou a se recuperar em junho de 2016, após tratamento com quimioterapia, mas viu a doença voltar a aparecer em dezembro de 2016. Ele estava internado no Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), em São Paulo (SP), há quase cinco meses, depois de período em tratamento nos Estados Unidos.

Em 3 de agosto de 2017, Silas abriu o coração ao LANCE! e pediu verba para se tratar nos Estados Unidos. A entrevista repercutiu e personalidades do futebol brasileiro e mundial iniciaram uma campanha para arrecadar recursos. Em dezembro do ano passado, o atacante conseguiu embarcar para Maryland, onde recebeu os devidos cuidados. Neste ano, ele retornou para o Brasil.

- Fernando Prass entrou em contato comigo, pessoal dos meus tempos no Guarani... Eles contribuíram bastante, deram força. Alguns clubes fizeram contato comigo também. O Neto, da Chapecoense, ajudou nas redes sociais, compartilhando o link da matéria de agosto. Depois, até jogadores da Seleção fizeram vídeo pedindo doações. Serei eternamente grato. Agradeço muito a quem contribuiu - disse o atacante, em dezembro do ano passado.

Esporte