PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rivais na Copa do Brasil, Palmeiras e Cruzeiro disputam "ponta" na Liberta

26/09/2018 08h40

Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam hoje, às 21h45, no Mineirão, por uma vaga nas finais da Copa do Brasil. O time mineiro venceu o jogo de ida, duas semanas atrás, no Allianz Parque, por 1 a 0, e tem a vantagem do empate. E não é apenas na competição nacional que a dupla tem briga acirrada.

Na Libertadores, além da possibilidade de se encontrarem novamente nas semifinais, os dois times travam um duelo pela artilharia. O Palmeiras é o time brasileiro que mais fez gols na história da competição: 305 vezes. O segundo é justamente o Cruzeiro, com 10 a menos. O São Paulo tem 279 gols no total, seguido pelo Grêmio, atual campeão da Libertadores, com 274.

Curiosamente, nessa edição do torneio sul-americano, os dois estão empatados no quesito gols marcados. Junto ainda com o Grêmio, eles formam o ataque mais positivo da competição continental, com 18 gols cada um. Entre os times que ainda seguem vivos na Libertadores, o Boca aparece na quarta colocação, com 16 gols.

O Cruzeiro terminou a fase de grupos com o ataque mais positivo: 15, incluindo duas goleadas seguidas. Derrotou o Vasco por 4 a 0, e despachou a Universidad de Chile por 7 a 0. O Palmeiras foi o dono do segundo ataque mais positivo na primeira fase da competição, com 14 gols marcados.

Na briga pela artilharia individual, o time do técnico Luiz Felipe Scolari leva vantagem: o colombiano Borja é o atual vice-artilheiro da Libertadores, com 8 gols, atrás de Wilson Morelo, do Independiente Santa Fé, da Colômbia, já eliminada da competição. O jogador do Cruzeiro que mais marcou até agora foi Thiago Neves, com 5 gols, seguido por Sassá, que tem 4 e Arrascaeta, com 3. Bruno Henrique é o segundo melhor artilheiro do Palmeiras na Libertadores, com 3 gols.

Além do jogo de hoje e da possibilidade de confronto nas semifinais da Liberta, Palmeiras e Cruzeiro têm outro encontro marcado: domingo, às 11h, no Pacaembu, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os objetivos e as pretensões dos dois times, no entanto, são distantes. O Verdão sonha com o título: é o vice-líder da competição, com 50 pontos, a apenas um do líder São Paulo. Já o time celeste é o sétimo colocado, com 37 pontos e tem poucas chances de título.

Esporte