PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Raí reforça desejo de renovar com Aguirre: "Vamos tratar na hora certa"

Diego Aguirre, técnico do São Paulo, conversará sobre renovação após o término do Brasileirão - Marcello Zambrana/AGIF
Diego Aguirre, técnico do São Paulo, conversará sobre renovação após o término do Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

25/09/2018 08h35

Uma notícia vinda do Uruguai na semana passada deixou o torcedor são-paulino mais contente: Óscar Tabárez seguirá como treinador da seleção do país, cargo para o qual Diego Aguirre estava bem cotado. Dessa forma, o caminho para a renovação com o Tricolor ficou mais livre. O discurso no clube é otimista, mas a diretoria segue falando em negociar no momento certo.

"Para o São Paulo não alterou em nada e acredito que para ele também não (a renovação de Tabárez). Nesse momento do campeonato, o Aguirre, mais do que ninguém, está focado no ambiente de trabalho, no dia a dia. Agora o foco é 100% nisso. Nossa vontade é de que ele continue, a gente deixa isso bem claro. Ele também tem vontade de continuar. A partir daí a gente fica mais tranquilo e vamos tratar no momento certo", disse Raí, diretor-executivo de futebol, em entrevista à Rádio Globo.

O contrato de Aguirre vence em dezembro deste ano. A ideia de conversar sobre a renovação depois que o Brasileirão terminar foi dada pelo próprio treinador, que é unanimidade no Morumbi, sobretudo por ter levado a equipe até a liderança do Brasileirão.

Raí disse na mesma entrevista que também não é momento de pensar em contratações para o próximo ano, mas salientou que o elenco atual já foi montado pensando nas temporadas seguintes.

"Obviamente você tem aqui uma equipe de análise de desempenho, análise de mercado. Tem jogadores que não vieram, mas que você já tem ali no seu espectro, já sabe quais são os perfis. Não é o momento. No momento propício vamos ver quais são as peças que faltam para uma temporada futura, em que acreditamos que podem ter até desafios maiores", declarou.

"A gente já veio pensando e planejando a médio prazo, pelo menos. O grupo foi se encaixando, criando corpo, uma identidade forte de trabalho. É bem equilibrado em idade, posição, estilos, personalidades diferentes. Estamos satisfeitos com a montagem da equipe, que a gente já pensou para os próximos anos. Quando você traz um atleta, já pensa em dois, três anos. A base dessa equipe vai continuar nos próximos anos. Todos eles têm contrato pelo menos até o fim de 2019. Nossa preocupação vai ser um ou outro atleta que termina o contrato no fim de 2019".

Esporte