PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após dois jogos, Jair já se destaca aos olhos da comissão técnica do Sport

21/09/2018 14h01

Um dos últimos reforços a ser adquiridos pelo Sport na temporada, o volante Jair chegou demonstrando rapidamente seu talento. Logo, não é de se surpreender que bastaram duas partidas para o líder em desarmes pelo Juventude (seu antigo clube) na Série B do Brasileirão também chamar a atenção nas partidas feitas dentro da Série A.

Um dos mais elogiosos ao acréscimo técnico que o volante de 23 anos de idade trouxe a equipe do Recife foi o técnico Eduardo Baptista. Para ele, com a variedade de funções e características do atleta citado, o Leão da Ilha só tem a ganhar:

- O Jair deu uma consistência ofensiva na fase de criação muito boa. Vai muito pelo entrosamento dele com o Neto (Moura), principalmente. Vai também de Jair com os extremos, de dar (a bola) e receber. O Jair tem muita facilidade de achar esses espaços. Ele vem se destacando, e a gente fica feliz com isso. É aproveitar o momento do Jair para gente jogar, evoluir e rodar mais (a bola) para a gente criar mais chances de gol.

Os responsáveis pela parte físico do elenco do Sport também pontuaram que Jair é um profissional também atento a esse aspecto. Algo que nem mesmo a necessidade de adaptação pela diferença do clima mais frio de Caxias do Sul para o calor pernambucano atrapalhou por muito tempo, pelo menos nas palavras do fisiologista do clube, Inaldo Freire.

- Ele chegou dentro do peso ideal, com um bom percentual de gordura e uma boa composição corporal. Mostra ser um atleta cuidadoso. No início, ele sentiu muito a temperatura daqui. Na primeira semana, quando a gente colocava o GPS nele, ficava sempre abaixo dos demais. Quando ele aclimatou com o calor, foi outro atleta - pontuou.

Pensando no embate frente ao Palmeiras na próxima rodada do Brasileirão a ser disputado na Ilha do Retiro, a tendência é que Jair continua dividindo a linha de dois volantes com Marcão na equipe titular.

Esporte