PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nicolás Pareja se despede: 'Não nasci Sevillista, mas morrerei como um'

24/08/2018 19h08

Um dos maiores símbolos do Sevilla nas últimas temporadas, o zagueiro Nicolás Pareja e o clube chegaram a um acordo para a rescisão do contrato nesta sexta-feira e o atleta concedeu uma entrevista para se despedir do clube que jogou nas últimas cinco temporadas.

Muito emocionado, Nico agradeceu a todos os membros do clube que viram sua jornada em Sevilla de perto. Vivendo com algumas lesões e entrando na parte de declínio de sua carreira, o zagueiro participou de apenas nove jogos na última temporada pela equipe espanhola.

- Foi uma linda jornada, o que deixa ainda mais difícil pôr um fim nisso tudo. Cá estou eu, dando tchau para minha casa nos últimos cinco anos, anos que foram marcados por terem sido uma montanha russa de emoções que eu aproveitei intensamente todos os dias. Cinco anos desde que cheguei aqui para fazer parte desta grande família, dessa grande cidade que me fez um sevilista. Nem em meus melhores sonhos eu poderia ter imaginado tudo que tive de experiência aqui - disse.

O argentino chegou ao Sevilla em 2013, após uma passagem pelo Spartak Moscou e participou de 121 jogos pelos Rojiblancos e ganhou dois títulos: as Europa League nas temporadas 2013-14 e 2014-15. Na coletiva, o zagueiro afirmou que "vai morrer como um Sevillista".

- Queria agradecer a minha família e amigos por terem compartilhado essa aventura comigo. Acima de tudo, gostaria também de agradecer à minha mulher e as crianças que me ajudaram todas as vezes em que estava pensando em desistir e por me ajudar nesse novo capítulo da minha carreira, porque sei que isso será ainda mais difícil para mim. Desejo para os companheiros e para o clube tudo de bom. Eu retornarei como um fã, porque não nasci um Sevillista, mas morrerei como um Sevillista - completou.

Esporte