PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Falcão García é condenado a prisão na Espanha por fraude fiscal

23/05/2018 15h39

Nesta quarta-feira, o atacante colombiano Falcao García foi condenado a 16 meses de prisão por "fraude fiscal", mas, conforme permite a legislação espanhola, onde foi condenado, ele cumprirá a pena em liberdade. Lá, é permitido que penas com menos de 24 meses sejam cumpridas desta forma.

O atacante terá ainda que pagar 9 milhões de euros, o equivalente a 38 milhões de reais por ter sonegado impostos entre 2012 e 2013, quando defendia o Atlético de Madrid. No período, segundo o jornal português "Record", ele deixou de declarar 23 milhões de reais.

Hoje, Falcão está com 32 anos e defende o Monaco, mas não sabe se continuará no clube francês na próxima temporada. Ele começou a carreira no River Plate, da Argentina, mesmo sendo colombiano, em 2005. Quatro anos depois, transferiu-se para o Porto. Ficou entre 2011 e 2013 no Atlético de Madrid. Em maio daquele ano, foi anunciado pelo Monaco, mas ficou uma temporada emprestado ao United e outra ao Chelsea.

Esporte