PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pablo volta a negociar com o Timão e revela: 'Chance de ficar é enorme'

26/10/2017 12h32

O zagueiro Pablo e seu representante, Fernando César, voltaram a negociar com o Corinthians. O jogador está emprestado pelo Bordeaux (FRA) apenas até o fim desta temporada, e as partes conversam pela permanência do defensor de 26 anos no Timão.

Após chegarem até a um acordo, o advogado Fernando César disse em agosto que o Corinthians não deu garantias de pagamento e suspendeu as tratativas. Nesta quinta-feira, porém, Pablo revelou que as negociações foram retomadas e que a chance de ficar no Timão "é enorme".

- Por incrível que pareça, não (atrapalha em campo essa indefinição). Tenho conversado com muita gente nos bastidores e sou um cara muito concentrado, muito focado no que tenho que fazer. Quando entro em campo nada me atrapalha, e não vai ser isso que vai tirar minha concentração e profissionalismo em campo. Tenho demonstrado isso. São oito meses de negociação e joguei vários jogos com essa indecisão. Futebol é assim. Estou muito focado e determinado a dar o melhor. A chance de ficar é enorme, todos sabem que quero ficar. Voltamos a conversar novamente e isso é importante - revelou Pablo, em entrevista coletiva nesta quinta.

- Sempre teve possibilidade, nunca deixou de ter. Desde maio. Quero ficar no Corinthians, essa é minha opção, e a chance é grande, como sempre falei - acrescentou.

Ao ser questionado se ficaria frustrado caso não chegasse a um acordo com o Corinthians, Pablo disse que isso "faz parte do futebol", mas afirmou que ficaria triste. Ele elogiou o Timão, que o contratou por empréstimo no início deste ano.

- Acho que faz parte do futebol. São coisas que nem sempre se encaixam perfeitamente, a vontade do atleta com o destino. Às vezes escolhemos e às vezes não. Caso isso aconteça, e espero que não, vai ficar um sentimento de tristeza. Estou há alguns meses aqui, me identifico muito com o clube, torcida maravilhosa, onde tem pressão e o momento do amor. Claro que ficaria triste, mas futebol tem dessas - afirmou.

Pablo ainda minimizou as críticas que tem recebido nas redes sociais. Além da indefinição sobre sua permanência, a lesão muscular que o tirou dos últimos quatro jogos do Timão também revoltou alguns torcedores.

- Se você for comparar quem que me xinga no Instagram com milhões de torcedores do Corinthians que existem não é nada. Levo de boa. É estranho relacionar minha postura como atleta, minha lesão, com não estar jogando. Mas no Corinthians é assim, é pressão e você tem que saber lidar com isso - disse Pablo, que está recuperado e voltará a ficar à disposição para o jogo contra a Ponte Preta, no domingo.

Para ficar com Pablo, além do pagamento de luvas e salários do jogador, o Corinthians precisa desembolsar 3 milhões de euros (R$ 11,4 milhões) para comprar os direitos econômicos que pertencem ao Bordeaux. O zagueiro chegou ao Timão no início do ano, atuou em 45 jogos e marcou dois gols.

Esporte