PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Thiago Neves cita desfalques em derrota e cobra diretoria por reforços

Thiago Neves em ação durante jogo do Cruzeiro contra a Ponte Preta - DANIEL TEOBALDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Thiago Neves em ação durante jogo do Cruzeiro contra a Ponte Preta Imagem: DANIEL TEOBALDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

23/10/2017 13h09

Após sofrer a derrota de virada no último domingo para o Atlético-MG por 3 a 1, o meia-campista Thiago Neves declarou que o revés para o rival não estava nos planos do clube celeste e afirmou que os desfalques dos atacantes Sassá e Raniel foram determinantes para o Galo sair vitorioso no Mineirão. Os dois atacantes estavam lesionados e sequer foram relacionados para o embate. O camisa 30 lamentou as chances desperdiçadas do Cruzeiro no primeiro tempo e disse que faltou um centroavante para definir o duelo.

"É complicado não ter uma referência. O Arrascaeta é mais do drible, eu não gosto de jogar centralizado. Faltava um matador, faltava um Raniel ou um Sassá, que jogam na área. Tentamos com o Rafael Marques, mas também é de sair da área", comentou o armador.

Apesar de ter anotado o único tento assinalado para a Raposa no clássico, o apoiador cruzeirense cobrou à diretoria para contratar atacantes para o setor ofensivo na próxima temporada e espera ver um time competitivo em 2018. O Cruzeiro foi o primeiro time brasileiro a garantir vaga para Libertadores do ano que vem.

"A comissão tem esses jogos para avaliar vários jogadores, temos competições importantes, vamos ter de chegar. O Cruzeiro vai ter competições fortes, temos que dar uma reforçada. Vamos ver quem vai chegar. A gente quer montar time bom para ganhar alguma coisa", finalizou.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Cruzeiro visita o Palmeiras, na próxima segunda-feira (30), às 20h, no Allianz Parque, em São Paulo. O time mineiro ocupa a quinta colocação da competição nacional, tendo somado 47 pontos.

Esporte