PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corintianos se revoltam após derrota e pedem arbitragem mais experiente

23/10/2017 22h46

Um lance polêmico aos 48 minutos do segundo tempo do duelo entre Botafogo e Corinthians revoltou os jogadores do Timão. O atacante Jô girou em cima de Igor Rabello, caiu e pediu pênalti, mas o juiz não marcou. Após a derrota por 2 a 1, os corintianos reclamaram muito com o sexteto de arbitragem, que foi até protegido por policiais.

O técnico Fábio Carille reclamou das marcações e pediu arbitragem mais qualificada e experiente nesta reta final do Brasileirão. O árbitro Rodrigo Batista Raposo apitou seu sexto jogo neste campeonato.

- Um jogo desse tamanho, com um time brigando pelo título e outro pela Libertadores, não pode botar um árbitro inexperiente. Falta de critério, porque o Botafogo também teve lances, foi pênalti no Jô... Comissão de Arbitragem tem de botar árbitros mais qualificados e experientes nesta reta final - afirmou Carille, em entrevista coletiva após a partida.

O goleiro Cássio endossou o coro do treinador. Ele admitiu que o Corinthians não teve uma grande atuação contra o Botafogo, mas reclamou da arbitragem e também pediu mais experiência.

- Ficamos um pouco frustrados. Foi pênalti, e isso também fica na conta do auxiliar, foi na frente dele, e ele poderia ter ajudado o árbitro. Ele errou e perdemos um ponto - reclamou Cássio, em entrevista ao SporTV.

- Quando é a favor do Corinthians, fala-se muito da arbitragem. Acho que nessa parte mais decisiva, tem que colocar árbitros mais experientes. Não estou falando para errar para o Corinthians, e sim para não haver erro - acrescentou o goleiro.

Com a derrota, o Corinthians fica com seis pontos de vantagem para Palmeiras e Santos na liderança do Brasileirão. Na próxima rodada, o Timão visita a Ponte Preta, domingo, às 17h, em Campinas.

Esporte