PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do Peixe vê 'manifestação legítima' em pichação na Vila

20/10/2017 13h08

Os muros da Vila Belmiro foram pichados após o empate com o Sport, em Recife, na última quinta-feira. No protesto, jogadores como Zeca, Lucas Lima e a diretoria foram cobrados. No entanto, o presidente Modesto Roma Júnior não condenou as manifestações.

- Futebol é pura paixão, pura emoção. É absolutamente lícito ao torcedor reclamar. Torcedor tem direito de vaiar, aplaudir, não podemos ficar condenando a manifestação legítima. A manifestação é legítima. Ilegítimo é agredir - opinou.

Neste ano, o estádio santista já havia sido pichado após a derrota para o Palmeiras por 1 a 0 no Paulistão. Na ocasião, o lateral-esquerdo Zeca também foi cobrado.

Os dizeres no muro foram: "Mais raça, menos religião".

Esporte