PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Santos vai trocar de fornecedor e voltar com a Umbro após sete anos

Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

18/10/2017 06h00

Depois de dois anos cuidando da fabricação do próprio uniforme, com auxílio da Kappa, o Santos terá a partir de março de 2018 um novo fornecedor de material esportivo. Depois de sete anos, a inglesa Umbro volta a estampar sua marca na camisa do Peixe.

O contrato vale a partir do dia 1 de março pois o acordo com a Kappa, que é responsável por desenhar o uniforme, se encerra no dia 28 de fevereiro. Portanto, o Alvinegro disputará a Copa São Paulo e o início do Paulistão com o modelo atual.

Apesar de dizer que o atual modelo de negócio - em que o clube se responsabiliza por confecção, distribuição e todo o processo de comercialização - é rentável, terá mais garantias de lucro com a empresa inglesa, já que há uma garantia mínima paga pela empresa de acordo com o número de camisas e uniformes vendidos nas lojas. Em 2016, o clube arrecadou pouco mais de R$ 3 milhões com venda de camisas, sem contar produtor licenciados.

No total, a Umbro pagará cerca de R$ 7,5 milhões anuais ao Santos, além de se responsabilizar pela fabricação e distribuição a lojas e ao próprio clube. O contrato tem duração de dois anos.

A parceria entre Santos e Umbro durou 14 anos no passado. Começou em 1997 e terminou em 2011, quando o Peixe assinou com a Nike sob intermédio da Netshoes.

Porém, o contrato não foi renovado pois torcedores reclamavam de não encontrar os produtos em alguns lugares. A diretoria comandada por Modesto Roma alegava que o dinheiro recebido não era compensatório ao clube. Por outro lado, na época, não havia oferta de outras empresas interessadas em fornecer material esportivo ao Santos.

Atualmente, a Umbro trabalha no Brasil com Cruzeiro, Grêmio, Atlético-PR, Bahia, Chapecoense e Vasco.

Esporte