PUBLICIDADE
Topo

Esporte

De olho no G7 e com retorno de Robinho, Atlético-MG recebe a Chapecoense no Independência

17/10/2017 18h51

De olho no grupo de classificação para a Libertadores, o Atlético-MG volta aos gramados nesta quarta-feira para enfrentar a Chapecoense às 21h45, no Independência, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ocupando a nona colocação, com 38 pontos, a equipe se distancia do Flamengo, último time na zona classificatória por apenas cinco pontos.

Apesar da notável alta na produção do elenco atleticano, Oswaldo de Oliveira promoveu uma alteração no meio-campo da equipe no treino desta terça-feira, com a entrada de Roger Bernardo no time titular, deixando Adilson na reserva. A mudança deve ser mantida para o confronto desta quarta-feira.

Robinho, que cumpriu suspensão durante o empate com o Sport, retorna na vaga ocupada por Otero. Apesar de Marcos Rocha seguir utilizando proteção no joelho nos treinos, por conta de uma lesão no ligamento, entrou na lista de relacionados e também deve entrar em campo no time titular, que deve ser formado por Victor; Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Roger Bernardo e Elias; Cazares, Robinho e Valdívia; Fred.

Gilson Kleina ainda aguarda regularização para estrear no comando da Chapecoense, por conta disso, a equipe será comandada pelo interino Emerson Cris. Por enquanto, o treinador não teve muita sorte e vem de três jogos sem vitória. A sequência deixou o Índio Condá em maus lençóis. Agora, na 16ª colocação, com 32 pontos, a Chape tem a missão de vencer para não ser integrada ao grupo da degola.

Com apenas dois dias de treino, o time não sofrerá grandes alterações. A principal mudança fica por conta do retorno de Moisés Ribeiro, que cumpriu suspensão automática durante a derrota para o Flamengo. O volante voltará ao time titular na vaga anteriormente ocupada por Elicarlos.

Para reforçar a marcação no meio de campo, Emerson Cris deve deixar o atacante Túlio de Melo no banco para mandar a campo um time com quatro jogadores na segunda linha, deixando o ataque nas mãos da dupla Arthur Caíke e Wellington Paulista. O restante do time deve ser mantido na escalação que tem Jandrei; Apodi, Fabrício Bruno, Douglas e Reinaldo; Amaral, Moisés Ribeiro, Canteros e Luiz Antônio; Arthur Caíke e Wellington Paulista.

Esporte